Jornal do Commercio
ESPORTE E EDUCAÇÃO

Ex-medalhista olímpica inaugura núcleo esportivo no Cabo

A ex-atleta Ana Moser, por meio da Lei do Incentivo ao Esporte, trouxe ações do Instituto Esporte & Educação para o Cabo de Santo Agostinho

Publicado em 13/09/2018, às 20h22

Prefeito do Cabo de Santo Agostinho também compareceu à inauguração / Foto: Léo Domingos/SECOM Cabo de Santo Agostinho
Prefeito do Cabo de Santo Agostinho também compareceu à inauguração
Foto: Léo Domingos/SECOM Cabo de Santo Agostinho
Túlio Feitosa
Twitter: @tuliofeitosa

Já em funcionamento e com a presença de uma medalhista olímpica, o Projeto Núcleo de Esportes foi oficialmente inaugurado ontem, no bairro de Charneca, Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. Ana Moser, ex-atleta de vôlei e fundadora do Instituto Esporte & Educação, organização não-governamental responsável pela ação, esteve presente ontem no local. O instituto existe há 17 anos, mas segundo a ex-jogadora, já era um projeto desde antes mesmo de se tornar na ONG que é hoje.

“É um projeto que trabalha com esporte educacional, então atendemos crianças de sete até 14 anos. Está sendo muito bem acolhido pela comunidade e muito bem recebido pelas crianças da escola”, ressaltou Celiane Oliveira, coordenadora do Projeto Núcleo de Esportes. De acordo com Celiane, os organizadores da ação vêm observando as necessidades que o instituto poderia suprir na região. “Existe uma necessidade muito grande de oferta da prática esportiva, aqui no bairro de Charneca, e a gente tem acompanhado isso junto com a direção da escola”, completou.

Com a ajuda da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal e o patrocínio de um Laboratório Farmacêutico (Aché), o projeto ganhou força e, atualmente, atua em 29 polos no país. Em São Paulo, existem núcleos na capital, na cidade de Osasco, em Pindamonhangaba, no Embu das Artes e em Carapicuíba. O projeto também está presente no Rio de Janeiro.

O Cabo de Santo Agostinho foi a primeira cidade de Pernambuco a receber o Núcleo de Esportes, que já funciona desde maio na Escola Municipal Antônio de Melo da Costa. Segundo Celiane Oliveira, várias outras ações que visavam a formação dos professores já haviam sido trazidos pelo Instituto Esporte & Educação. “Esse é o primeiro projeto de atendimento direto, que temos professores do instituto atendendo no município”, concluiu.



De acordo com Ana Moser, o projeto dá todo o apoio para o funcionamento das práticas esportivas e das melhores condições de trabalho para os professores de educação física. “Nesses núcleos, oferecemos professores, atividades, eventos, materiais esportivos, camisetas e a divulgação. Nos projetos de formação, oferecemos a própria formação e apoiamos, durante um a dois anos, o desenvolvimento de atividades pela própria rede de ensino”, pontuou.

Atuação empresarial

Márcia Tedesco Dal Secco, gerente de comunicação e responsabilidade social do Aché, destacou a atuação da empresa nesse tipo de ações. “Por meio de leis de incentivo fiscal, apoiamos projetos que envolvem a cultura, educação. O Aché também acredita muito numa transformação social” explicou.

“É uma das nossas exigências que fazemos aqui no Cabo, em que toda a indústria que vem para cá, tem que ter uma contrapartida social. E nós estamos aqui contemplando esse projeto com uma alegria muito grande”, argumentou Lula Cabral, prefeito do Cabo de Santo Agostinho.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM