Jornal do Commercio
Notícia
surfe

Medina, Italo e Filipinho vencem baterias e avançam em Bells Beach

O trio brasileiro formado por Medina Ítalo Ferreira e Filipe Toledo seguem nas quartas de final da etapa de Bells Beach, do circuito mundial de surfe

Publicado em 26/04/2019, às 10h48

Medina mira também classificação em Tóquio-2020 / Reprodução/Instagram
Medina mira também classificação em Tóquio-2020
Reprodução/Instagram
JC Online

Os três melhores surfistas do Brasil na atualidade seguem vivos na etapa de Bells Beach, na Austrália, a segunda da temporada de 2019 do Circuito Mundial. Gabriel Medina, Filipe Toledo e Ítalo Ferreira venceram duas baterias cada, pela terceira fase e pelas oitavas de final, e avançaram às quartas de final. Outros cinco representantes do País ficaram pelo caminho.

Vencedor da primeira etapa do ano, em Gold Coast, também na Austrália, Italo Ferreira levou um susto enorme nas oitavas de final contra o francês Jeremy Flores, na qual venceu por 12,20 a 6,03. O potiguar passou um sufoco quase no final da bateria, quando foi engolido pela força de uma das ondas e precisou ser resgatado pelo jet ski. "Este foi o momento mais louco que eu já tive", disse em um post em seu Twitter, após se recuperar do ocorrido.

Na terceira rodada, Italo Ferreira havia derrotado o australiano Jack Freestone por 13,76 a 9,10. Na mesma fase, Gabriel Medina venceu o também local Reef Heazlewood (16,03 a 7,80) e Filipe Toledo passou pelo compatriota Caio Ibelli (14,50 a 13,07). Pelas oitavas de final, o atual campeão mundial fez 17,27 a 7,76 sobre Willian Cardoso em outro duelo nacional. Filipinho também teve tranquilidade para derrotar o havaiano Seth Moniz por 14,10 a 7,13.



ELIMINADOS

Outros dois surfista brasileiros participaram das oitavas de final, mas acabaram eliminados. Deivid Silva foi derrotado quase no final de sua bateria pelo australiano Jacob Willcox (11,80 a 10,04) e Peterson Crisanto caiu para o multicampeão havaiano Kelly Slater (10,80 a 6,87).

Nas quartas de final, os brasileiros estão em baterias diferentes. O primeiro a entrar na água será Filipe Toledo contra Jacob Willcox. Na sequência será a vez de Gabriel Medina contra o havaiano John John Florence. Por fim, Italo Ferreira lutará por uma vaga nas semifinais contra o sul-africano Jordy Smith.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM