Jornal do Commercio
Notícia
natação

No Japão, Etiene Medeiros finaliza preparação para o Mundial de Natação

Etiene Medeiros e a seleção brasileira de natação está em Sagamihara, no Japão, fazendo aclimatação para o Mundial. Competição começa no próximo domingo, na Coreia do Sul

Publicado em 15/07/2019, às 08h59

Etiene Medeiros buscará o bicampeonato em piscina longa nos 50m costas / Divulgação
Etiene Medeiros buscará o bicampeonato em piscina longa nos 50m costas
Divulgação
Gabriela Máxima

Faltando seis dias para o início das provas de natação no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, a pernambucana Etiene Medeiros aproveita os últimos momentos de treino para fazer ajustes técnicos. Ela está junto com a seleção brasileira na cidade japonesa de Sagamihara, onde a equipe faz a aclimatação até a quarta-feira. Para os nadadores, a competição vai começar no próximo domingo (na noite do sábado, no horário de Brasília). Etiene, por sua vez, vai buscar ainda mais notoriedade no cenário internacional da modalidade. Ela tentará o bicampeonato mundial em piscina longa nos 50m costas, mas também disputará os 100m de mesmo estilo e as provas de velocidade do estilo livre. O Mundial acontece em Gwangju, na Coreia do Sul.

Ver essa foto no Instagram

Japão, cheguei! ???????? #gwangju2019 - #tokyo2020 #vaieti #nadoportudo #sesisp #swimming

Uma publicação compartilhada por Etiene Medeiros (@etimedeiros) em

A pernambucana explicou a importância de antecipar a aclimatação para se acostumar ao fuso horário e ao clima asiático. “São dois dias de viagem. Uma viagem bem longa. Quando a gente viaja para o outro lado do mundo para fazer competição e preparação tem que ter um planejamento bem feito porque não é fácil viajar para cá. Vamos ficar cinco dias no Japão. Eu nunca vim para Sagamihara. O pessoal que fez o Pan Pacífico ano passado já esteve aqui e falaram muito bem da estrutura”, comentou Etiene, que completou. “Onde a gente está vai ser um dos polos do Time Brasil para os Jogos Olímpicos, então já é uma preparação para eles e para a gente. Estou feliz e empolgada. Essa temporada que a gente vai ficar aqui é curta. Eu acho que poderia ter sido um pouco maior, o foco é sempre intensificar o trabalho. Fazer focado alguns aspectos técnicos e estar feliz. Isso é o que mais importa”, observou.

FALA TREINADOR

Etiene é considerada a melhor nadadora do Brasil na atualidade e chega à Coreia do Sul em busca do bicampeonato mundial nos 50 costas – ela se sagrou campeã em Budapeste-2017. De acordo com o treinador Fernando Vanzela, a pernambucana tem potencial para conseguir o feito, mas eles encaram a competição com tranquilidade, um passo de cada vez. “Os 50m costas é uma prova que Etiene domina muito bem todos os detalhes e executa com precisão. Por isso, o objetivo é seguir o passo a passo, começando pelas eliminatórias, passando pela semifinal e, chegando novamente na final, para disputar a medalha” argumentou o treinador, que acompanha a delegação brasileira na Ásia.



Ele completa sobre a segunda disputa encarada por Etiene como prioridade. “Os 50m livre também é importante por ser uma prova olímpica. Nesses últimos dois anos, mais meninas têm mostrado evolução nos tempos. Dessa forma, deve ser bem apertado em todas as etapas. Não podemos descuidar”, finalizou.

Etiene e a seleção brasileira viajarão para a Coreia do Sul na próxima quarta-feira. O Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos começou na última sexta-feira e segue até o dia 28.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM