Jornal do Commercio
Vôlei

Wallace só volta a jogar pela seleção brasileira de vôlei em 2020

Oposto foi liberado pelo treinador Renan Dal Zotto logo depois da conquista da vaga em Tóquio-2020

Publicado em 14/08/2019, às 13h46

Wallace conversou com o treinador e pediu liberação por motivos pessoais / CBV/Divulgação
Wallace conversou com o treinador e pediu liberação por motivos pessoais
CBV/Divulgação
JC Online

Após a conquista da vaga olímpica através de um torneio qualificatório encerrado no último domingo (11), na Bulgária, a seleção brasileira masculina de vôlei mantém o foco nas competições que restam na temporada 2019, mas com uma ausência de peso. O oposto Wallace foi dispensado pelo técnico Renan Dal Zotto e só voltará a defender a equipe nacional em 2020.

Após conversas com o treinador, o oposto foi liberado para acompanhar de perto a reta final da gravidez da esposa, Mariana, e o nascimento da filha, Mia. De acordo com Renan, isso, inclusive, estava combinado antes mesmo da disputa do pré-olímpico.

"Tivemos uma conversa boa desde o início da temporada e já havíamos combinado que ele teria essa folga depois do Pré-Olímpico. É muito justo, e voltamos a contar com o Wallace no próximo ano", esclareceu o treinador.



FOLGA

Após a disputa do qualificatório olímpico, o elenco da seleção entrou em folga, com reapresentação prevista para a próxima segunda-feira no CT da CBV em Saquarema (RJ). Lá, a equipe vai se preparar para o Campeonato Sul-Americano, de 10 a 14 de setembro, no Chile, e a Copa do Mundo, de 1º a 15 de outubro, no Japão.

E Renan destacou que, mesmo com o principal objetivo do ano alcançado, a seleção vai encarar essas competições com seriedade e em busca de novas conquistas, embora tenha adiantado que não vai levar a força máxima ao Chile, mesmo ainda sem revelar quais jogadores serão poupados.

"Claro que o foco estava voltado para o Pré-Olímpico, mas ainda temos importantes compromissos pela frente. Vamos usar o grupo praticamente completo nos amistosos em casa e depois a programação é deixar alguns atletas de fora do Sul-Americano. Para a Copa do Mundo, teremos quase todos de volta e vamos em busca de finalizar a temporada com o título", explicou Renan.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM