Jornal do Commercio
Arruda

Presidente diz que técnico não defendeu Santa Cruz na crise do elenco

Tricolor demitiu o treinador nesta quarta-feira

Publicado em 15/11/2017, às 19h49

Presidente comentou sobre a demissão do treinador nesta quarta-feira / Foto: JC Imagem
Presidente comentou sobre a demissão do treinador nesta quarta-feira
Foto: JC Imagem
Thiago Wagner

Em entrevista ao Jornal Commercio, o presidente Alírio Moraes abriu o jogo no que diz respeito à demissão do técnico Marcelo Martelotte do Santa Cruz. Segundo ele, aliado aos maus resultados, houve um entendimento de que o treinador não defendeu o clube como deveria no que diz respeito ao questionamento dos jogadores por salários atrasados.

"Nossa análise levou em conta os resultados, que não estavam vindo, infelizmente. Mas além disso houve o fato dessa confusão da greve em que a gente observou que o professor Martelotte não se posicionou na condição de defender o Santa Cruz", disse o dirigente.

Ainda de acordo com Alírio, o treinador deveria ser mais conciliador e mais firme para ajudar o Santa Cruz na gestão dessa crise. "Como comandante ele teria que ser mais firme na gerência disso", afirmou.



O técnico Marcelo Martelotte foi demitido nesta quarta-feira, um dia após o Santa Cruz quase sofrer com a greve dos atletas antes do jogo contra o Paraná, pela Série B do Brasileiro.

Com a saída do técnico, Adriano Teixeira assumirá como interino até o fim do campeonato. Faltam apenas mais duas rodadas na Segundona, onde o Santa Cruz já está rebaixado.


Palavras-chave


Comentários

Por Almir Miranda da Hora Gandhi,16/11/2017

Esse presidente é um otário, incompetente, amador e ainda vai reclamar do técnico. É brincadeira. E é fácil que se candidate a um cargo público às custas da torcida que ele tenta enganar.

Por Saulo,16/11/2017

Nossa luta hoje pessoal, é com a futura direção! A torcida deve estar bem atenta pq o Sr. Antônio Luiz Neto, já vem se articulando pra tentar voltar à presidência do clube, e aí, será mais 4 anos de saques. Vale Lembrar que, assim como aconteceu nas eleições do Vasco da Gama do RJ, que fabricou eleitores pra conseguir a eleger sr. Eurico Miranda, o Sr. ALN, se recorreu do mesmo expediente para conseguir sua eleição no último mandato! Vamos de todas as formas PROFISSIONALIZAR o Dep. de Futebol através de alguma empresa.

Por Tricolor,16/11/2017

A Culpa da queda e da crise do Santa.não é só salário.assim o Sport,não estaria na zona de rebaixamento.a culpa é da diretoria e dos nossos dirigentes incompetentes.trouxeram um caminhão de jogadores pernas de pau.o elenco ficou em excesso.e não puderam pagar.o resultado foi a queda,agora,tem que destituir esta diretoria, fazer eleições.colocar um presidente competente.contratar jogadores da região norte e nordeste fazer um time com uma folha salarial enxuta e pagar os débitos.

Por Helio Cartela.,16/11/2017

Esse presidente cara de pau ainda vem fazer uma afirmativa dessa de que o Técnico não defendeu o clube, ele queria que Martelotte defendesse as mentiras descaradas dele, a incompetência desse presidente medíocre e mentiroso, acho que Marcelo Martelotte segurou a onda com os jogadores ate alem do que poderia, ficar com quase 4 meses de salários atrasados e ainda jogar foi uma conquista do técnico, sei que seria uma coisa terrível, mas eu queria que os jogadores entrasse em greve hoje e só voltasse ao trabalho quando essa diretoria omissa e incompetente efetuasse o pagamento do que vem acertando desde o início do ano e não cumpre, fora Alírio e diretores, o clube já sofreu demais nas mãos desses incompetentes .

Por Sávio,16/11/2017

Quem quer defender pilantra que pagam atrasados, só se for outro pilantra. Bem feito 3ª divisão e paguem em dia para não ir para 4ª, eu disse 4ª DIVISÃO



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM