Jornal do Commercio
INDEFINIÇÃO

Júnior Rocha com dúvidas para escalar o time do Santa Cruz

Treinador coral aguarda a recuperação de alguns jogadores entregues ao departamento médico

Publicado em 12/02/2018, às 16h33

Júnior Rocha espera conseguir a primeira vitória do Santa Cruz no Estadual / Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Júnior Rocha espera conseguir a primeira vitória do Santa Cruz no Estadual
Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
JC Online

Vice-lanterna do Campeonato Pernambucano, com três pontos em quatro jogos, o Santa Cruz precisa da vitória diante do Afogados, quarta-feira (14), às 20h, no Estádio Vianão, no Sertão do Estado. Para a partida, o técnico Júnior Rocha está quebrando a cabeça para escalar a equipe. Isso porque jogadores considerados titulares estão entregues ao departamento médico.

Principal destaque da Cobra Coral nesse início de temporada, o goleiro Tiago Machowski se recupera de dores no abdômen e ainda não está confirmado. Nesta segunda-feira, o camisa 1 mais uma vez não treinou. Caso não fique apto, Ricardo Ernesto será o seu substituto.



Já o prata da casa Jeremias se queixou de cansaço muscular e também foi poupado da movimentação desta segunda, no Arruda. Em seu lugar, Júnior Rocha testou o atacante Augusto. Na vaga do lesionado Vítor, Ítalo, Lucas Gomes e João Ananias se revezaram na lateral direita.

FORMAÇÃO

O provável time tricolor diante do Afogados é o seguinte:  Ricardo Ernesto (Tiago Machowski); Ítalo (Lucas Gomes), Augusto Silva, Genílson e Henrique Ávila; Jorginho, Luiz Otávio e Arthur Rezende; Augusto (Jeremias), Robinho e Vinícius.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM