Jornal do Commercio
santa cruz

Pipico deixa treino do Santa Cruz sentindo dores na coxa

O atacante do Santa Cruz participou da maior parte da atividade desta quarta-feira

Publicado em 11/07/2018, às 11h56

"Nada demais. Apenas um tratamento para cuidar de um cansaço", afirma o médico
Foto: Davi Saboya/JC
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

Destaque nos últimos dois jogos, o atacante Pipico saiu mais cedo do treino do Santa Cruz, nesta quarta-feira, em Aldeia, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ele sentiu dores na coxa direita e realizou tratamento no gelo já na beira do gramado. Segundo informações apuradas pela reportagem do JC, as dores no músculo tem incomodado o jogador.

Segundo o médico coral Antônio Carlos, Pipico não preocupa para o jogo de sábado contra o Globo. “Nada demais. Apenas um tratamento para cuidar de um cansaço muscular”, afirmou.



ARTILHEIRO

O atacante Pipico marcou três gols em três jogos com a camisa do Santa Cruz. Se não tiver condições de jogo, o centroavante Lima, recém-contratado, deve estrear. Caso não jogue, será uma baixa importante, pois o clube tricolor desde o começo do ano tem sofrido com a falta de uma camisa nove no ataque.


Palavras-chave


Comentários

Por LYRA,11/07/2018

Isso tudo é MIGUE de boleiro, ele sabe que está sendo cogitado para jogar no REAL MADRID, na vaga deixada por CRISTIANO RONALDO, esse cara é um CRAQUE, joga pelo menos duas vezes mais que o PITBULL E CAÇA RATO, juntos.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM