Jornal do Commercio
Arruda

Artilheiro do Santa Cruz com sede de gols

De volta após cumprir suspensão, o atacante Pipico quer aumentar o número de gols pelo Santa Cruz na Série C

Publicado em 10/08/2018, às 08h01

Pipico marcou seis gols em seis jogos pelo Santa Cruz.  / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Pipico marcou seis gols em seis jogos pelo Santa Cruz.
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O atacante Pipico tem mais um objetivo com a camisa do Santa Cruz. Além do acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, ele revelou que deseja buscar o topo do ranking de artilheiros da Série C. Atualmente, o primeiro lugar da lista é ocupado pelo atacante Caio Henrique, do Botafogo-SP com dez gols. O centroavante coral tem quatro a menos após disputar seis jogos e balançar as redes seis vezes. O jogador, contudo, está ciente da importância dos companheiros e da comissão técnica para atingir o objetivo individual.

“Claro que estou pensando na artilharia. Tem uns gols de diferença para o primeiro lugar, mas espero manter a média de um por jogo. Nada é impossível, com a ajuda dos meus colegas vou em busca dessa meta pessoal. Vamos nos classificar, subir, e disputar mais partidas para atingir o objetivo. Jogaremos mais e com certeza terei a ajuda de todos (jogadores e comissão técnica) para manter a sequência”, afirmou o artilheiro coral.

Pipico estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo e não atuou no empate contra a Juazeirense, fora de casa, na última rodada da Terceirona. Questionado como foi ficar de fora da partida e quebrar a fase positiva, o atacante destacou que teve grande dificuldade. Ele frisou que observou no jogo oportunidades em que poderia ter aumentado o número de gols pela Cobra Coral, caso estivesse em campo.



“Quando vi o jogo pela TV quase infartei. Foi totalmente diferente de quando estou em campo. Vi que poderíamos ter feito gols, mas faz parte e todo mundo erra. Quem é atacante, joga ali perto do goleiro, fica vulnerável. Ninguém é perfeito. Venho trabalhando forte para fazer o meu dever. Espero ter o mesmo desempenho na reta final”, comentou.

PRÓXIMO JOGO

Com a classificação para as quartas de final da Terceira Divisão encaminhada, o técnico Roberto Fernandes sinalizou que deve poupar quase todo o time titular para a última rodada contra o Salgueiro. Se depender de Pipico, ele entra em campo no sábado para defender o Tricolor do Arruda. O centroavante deixou claro que todos os jogadores que estiverem em campo irão tomar cuidado para não virar desfalque no primeiro jogo do mata-mata nas quartas de final.

“Gosto de jogar. Infelizmente, fiquei de fora desse último jogo. Se depender de mim, fico à disposição do Roberto (Fernandes) para que possa decidir. Acho que a gente tem tudo para colocar os atletas que não estão jogando para pegar ritmo. Dessa jeito, todos podem chegar no mesmo nível na fase final. Claro que ter três homens suspensos como Danny Morais, Willian Maranhão e Arthur Rezende é ruim, mas quem entrar tem qualidade”, disse o atacante.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM