Jornal do Commercio
Arruda

Presidente do Santa Cruz otimista sobre renovações de Vítor e Jailson

Santa Cruz busca manter uma base do time profissional para temporada 2019

Publicado em 13/09/2018, às 15h42

Constantino Júnior trabalha para permanecer com Vítor e Jailson / Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz
Constantino Júnior trabalha para permanecer com Vítor e Jailson
Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O presidente Constantino Júnior admitiu a intenção de renovar com o lateral-direito Vítor e o meia Jailson para 2019. Ele mesmo está tratando a situações de ambos e não esconde a confiança na permanência dos atletas no Santa Cruz. Em relação ao camisa dois, a segunda reunião com o empresário do atleta, Gilson Marcos, aconteceria no início desta semana, mas um problema de saúde do mandatário atrapalhou o planejado. 

> Em parceria com empresa, Santa Cruz projeta troca do gramado do Arruda

“Só tive a primeira conversa. Era para termos outras, mas tive um problema de saúde que atrapalhou. Iremos sentar e definir a melhor forma de chegar em um acordo”, afirmou Tininho, como é mais conhecido o presidente tricolor.



MEIA

Questionado sobre a situação do meia Jailson, Constantino Júnior revelou que teve o primeiro contato com o procurador do atleta. Segundo o presidente, o acerto deve acontecer em breve. Vale lembrar que, em entrevista ao JC, Jaílson afirmou que gostaria permanecer no Arruda. “Já tive uma conversa com o empresário dele. Até sexta devemos resolver”, finalizou. 


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM