Jornal do Commercio
santa cruz

Após drama de vida, Anderson espera chances no Santa Cruz

Goleiro quase foi aposentado do futebol por conta de problemas cardíacos

Publicado em 03/01/2019, às 08h30

"A equipe médica disse que eu não poderia mais jogar", lembra Anderson
Foto: Davi Saboya / JC Esportes
Diego Borges
Twitter: @DiBorges9

O futebol é um esporte que costuma apresentar episódios de superação para os atletas. E histórias se tornam exemplo, como a do goleiro Anderson, destaque nas base do Palmeiras e da seleção brasileira, que reforça o Santa Cruz em 2019. Por muito pouco, o jogador não encerrou a carreira no futebol de forma precoce, por conta de problemas cardíacos.

“Aconteceu em 2017. Tinha acabado de voltar da seleção brasileira sub-20 e estava disputando o Campeonato Paulista. Estava em casa, dormindo, e acordei com uma dor no peito. Fui para o hospital. Foi quando começou todo o problema. A equipe médica disse que eu não poderia mais jogar por ter problemas no coração”, relembrou Anderson.

Foram nove meses afastado dos gramados como goleiro, ofício onde defendeu o Brasil em competições internacionais Sub-15 e treinamentos do Sub-20. A saída foi assumir uma nova função, no departamento de futebol da base do Palmeiras.



“Para que eu permanecesse no dia a dia do clube, acabei sendo analista de desempenho e até pude fazer uma viagem com o Sub-11, onde fui campeão no Rio Grande do Sul. Foi muito emocionante”, conta, antes de apontar o Palmeiras como responsável por acreditar em seu recomeço como atleta.

RECOMEÇO

“Eles buscaram outros médicos na Europa, mais experientes e eles conseguiram fazer com que eu voltasse a jogar bola depois de um ano sem poder fazer atividades físicas. Fui reintegrado ao futebol graças ao Palmeiras, que me deu todo o suporte possível”, ressalta.

Agora, Anderson projeta um 2019 de conquistas no Santa Cruz. “Vejo com bons olhos, de ganhar espaço e atuar para acumular experiência aqui e ajudar o Santa Cruz também se for possível”, almeja.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM