Jornal do Commercio
Arruda

Atacante do Santa Cruz ressalta trabalho para evitar lesões

Augusto marcou o gol do Santa Cruz no empate diante do Treze em amistoso

Publicado em 10/01/2019, às 16h21

Augusto chegou no Santa Cruz em 2017 / Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Augusto chegou no Santa Cruz em 2017
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

Depois de marcar o gol de empate do Santa Cruz no amistoso contra o Treze, o atacante Augusto não escondeu a confiança em uma melhor temporada com a camisa coral. Ele acredita que as lesões que o atrapalharam nos anteriores não irão mais acontecer. Isso porque nas férias passou por uma bateria de exercícios de fortalecimento muscular e ganhou mais confiança.

"Eu passava todo dia, de segunda a sexta, na academia com personal trainer. Também fiz trabalho específico na areia. Isso me ajudou bastante. Sinto a musculatura mais resistente. Creio que foi fundamental para o meu desenvolvimento", afirmou o atacante.



Augusto chegou ao Santa Cruz na Série B do Campeonato Brasileiro depois de se destacar na Copa do Nordeste com a camisa do Campinense em 2017. "Acredito que tem como retornar. Eu sei da minha capacidade, do que eu posso render. Como falei, desde quando cheguei aqui, fui atrapalhado por inúmeras situações. Espero que esse no de 2019 seja diferente e que eu volte a ser aquele Augusto do Campinense", disse.

ESTREIA

O primeiro jogo da temporada do Santa Cruz é contra o Botafogo-PB pela Copa do Nordeste. Na visão do atacante Augusto, a Cobra Coral irá começar em alta. "A gente está ainda no início no processo de adaptação e ainda falta muita coisa. Precisa pegar ritmo de jogo, o que é normal. Mas digo com toda certeza que o Santa Cruz vem forte nesse dia 15. A gente espera fazer uma grande partida lá e sair com a pontuação", finalizou.


Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM