Jornal do Commercio
Cobra Coral

''Não adianta jogar pelo empate'', diz capitão do Santa Cruz

Santa Cruz enfrenta o Sinop pela Copa do Brasil nesta quinta-feira

Publicado em 12/02/2019, às 09h17

Danny Morais é o capitão do Santa Cruz em 2019 / Foto: Felipe RIbeiro/JC Imagem
Danny Morais é o capitão do Santa Cruz em 2019
Foto: Felipe RIbeiro/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

Mesmo com a vantagem do empate, o zagueiro Danny Morais acredita que o Santa Cruz não pode pensar nesse placar diante do Sinop, nesta quinta-feira, na primeira fase da Copa do Brasil. Como é jogo único, a Cobra Coral, em melhor posição no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), se classifica com qualquer igualdade no marcador. A partida acontece no Mato Grosso, às 21h30 (do Recife), no estádio Estádio Municipal Massami Uriu.  

>> Santa Cruz enfrenta longa viagem para chegar em Sinop

"A gente tem muita atenção, mas não adianta jogar pelo empate. Temos que escolher a melhor estratégia e isso a gente acertar até a hora do jogo. Acredito que ficar se defendendo não é legal", afirmou o defensor e capitão coral. 

O elenco coral não teve tempo para descanso depois do empate diante do Náutico, sábado, pela Copa do Nordeste. A delegação coral se reapresentou nessa segunda-feira e já viajou no começo desta manhã.



"Desde a nossa reapresentação depois do clássico observamos que foi feito de bom e o que precisa melhorar. Durante a viagem vamos ter mais informações. Cada detalhe será importante para esse jogo", disse Danny Morais. 

VIAGEM

O Santa Cruz embarcou de avião rumo a Cuiabá, com conexão em Brasília, onde treina e dorme nesta terça-feira. No dia seguinte, viaja para Sinop e realiza o último treino no local da partida decisiva pela Copa do Brasil. O retorno ao Recife está previsto para o final da tarde da sexta-feira.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM