Jornal do Commercio
SANTA CRUZ

Técnico explica planos para Patrick Vieira no Santa Cruz

Leston Júnior também aponta as características que espera do atleta nos jogos

Publicado em 14/03/2019, às 14h00

"Ele é meia de criação, mas usa o pé trocado para entrar em diagonal. Tem muita força para fazer isso", aponta Leston
Foto: Divulgação/Santa Cruz
JC Online

A maior cobrança da torcida do Santa Cruz em relação a jogadores no elenco diz respeito à necessidade de contar com um meio-campista que possa ajudar na articulação das jogadas e conduzir o ritmo da equipe. Contratado ainda em janeiro, o meia Patrick Vieira ainda não estreou, mas passa pelos planos do técnico Leston Júnior na equipe coral.

"Ele é um meia de criação que joga em uma zona de campo diferente. De novo, o exemplo do jogador sobre meia: o mais caro é o Arrascaeta, do Flamengo, que joga por fora. Ele é meia de criação, mas usa o pé trocado para entrar em diagonal. Tem muita força para fazer isso. Contratamos enxergando essa característica", aponta o treinador do Santa Cruz.



UTILIZADO AOS POUCOS

Já se vão quase dois meses desde a chegada de Patrick ao santa Cruz sem a sua estreia. Segundo Leston, o planejamento para contar com o jogador em 100% da sua forma física é utilizá-lo aos poucos, até atingir uma condição de brigar por uma vaga na equipe principal.

"Ele vai fazer um processo gradativo de minutagem para lá na frente entrar na condição de fazer os 90 minutos e brigar pela titularidade. Às vezes vemos as pessoas falando que contratamos um jogador que ficou 50 dias parados. Ele não jogou porque teve uma infelicidade de se machucar na chegada. Participou de jogo-treino, é uma carga menor, então levamos ele para poder ganhar forma", projeta Leston Júnior.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM