Jornal do Commercio
Notícia
Tricolor

Milton Mendes e as várias mudanças no time titular do Santa Cruz

Técnico tricolor tem mexido bastante na equipe nos últimos jogos e tem sido criticado por isso

Publicado em 19/07/2019, às 12h45

Treinador tem mexido, principalmente, no sistema defensivo da equipe / Foto: Jota Santana/Santa Cruz
Treinador tem mexido, principalmente, no sistema defensivo da equipe
Foto: Jota Santana/Santa Cruz
Klisman Gama e Diego Borges
Twitter: @KlismanGama e @DiBorges9

Um dos questionamentos feitos ao técnico Milton Mendes, diante dos últimos resultados do Santa Cruz, se dá pelo grande número de alterações feitas na equipe nos últimos jogos. Primeiro pela justificativa de alterar em busca de um melhor ajuste defensivo, Milton passou a trocar peças nas laterais, zaga e meio-campo. Em nove jogos, não conseguiu repetir a escalação nenhuma vez. Seja por suspensão, lesões ou questões técnicas, o comandante não conseguiu manter os mesmos 11 iniciais e pode, outra vez, alterar a equipe para o jogo contra o ABC, no dia 27 de julho, em Natal-RN.

O cenário intensificou após o Santa Cruz entrar nessa má fase. Do jogo contra o Treze-PB, quando foi derrotado por 2 a 0, até perder para o Sampaio Corrêa por 1 a 0, Milton Mendes mexeu bastante, principalmente no meio de campo. Em quatro jogos, escalou quatro trios formados por seis jogadores diferentes. Foram eles Charles, Allan Dias, Daniel Costa, Marcelo Mattos, Kadu e Lucas Gonçalves. Nas laterais, quatro atletas atuaram, sendo Cesinha o mais escalado, nos dois lados do campo. Na zaga, João Victor permanece intocável, por ser o único zagueiro de velocidade do time. Entretanto, ao lado dele, atuaram William Alves (cinco vezes), Danny Morais (duas vezes), Vitão e William (ambos uma vez).

“Logo que cheguei, a nossa equipe jogava com praticamente essa equipe que estava aqui. Nós tínhamos o Carlos (Renato) que estava lesionado e usávamos o Bruno Ré. O Carlos Renato voltou e só fez meio tempo comigo, já que lesionou de novo. Depois vamos para a zaga, jogamos com o João Victor e o William (Alves). Nós estávamos levando muitos gols e eu tinha que optar. O João Victor é um menino novo com muita velocidade. Então tentei o William Alves, com quem iniciei, depois o Danny (Morais) e agora o Vitão. Eu vou continuar com o Vitão, são dois jovens e com muita qualidade. O meio de campo eram o Charles e o Allan (Dias), e continuam o Charles e o Allan. No ataque tinha o Everton pela direita, o Dudu por dentro e o Misael pela esquerda, com o Pipico na frente. Então não houve grandes mudanças” argumentou Milton Mendes.



MENOS MEXIDAS

O ataque é, realmente, o setor onde aconteceu menos mudanças no Santa Cruz. Quatro jogadores diferentes se revezaram por ali, principalmente Everton, Dudu (que também atuou como meia) e Misael. O único que chegou a atuar como titular, diferente deste trio, foi Augusto. Pipico é titular inquestionável da equipe, e só esteve de fora para cumprir suspensão diante do Treze-PB, onde Guilherme Queiróz assumiu a posição. Milton Mendes ressaltou a busca por um melhor encaixe na equipe, principalmente para não levar mais tantos gols, e saiu em defesa dos jogadores.

“A gente está tentando buscar sim um encaixe perfeito. Os jogadores são os mesmos, e estou tentando fazer com que a equipe defenda-se melhor e não leve tantos gols. Infelizmente, a verdade é que a média era de 2 por jogo e é ruim. Tem alguma coisa errada e a gente precisa buscar, ouvir, treinar. Vou defender meus jogadores sempre. Às vezes eles não rendem tanto, mas eles não são máquina”, encerrou o treinador coral.

MUDANÇAS FEITAS POR MILTON MENDES NO SANTA CRUZ

Laterais

ABC - M. Martins e Bruno Ré

IMP - M. Martins e Bruno Ré

CON - M. Martins e Bruno Ré

GLO - M. Martins e Carlos Renato

NÁU - M. Martins e Cesinha

TRE - M. Martins e Cesinha 

FER - Cesinha e Bruno Ré

BOT - M. Martins e Cesinha

SAM - Cesinha e V. Lindenberg

 

Zagueiros

ABC - João Victor e William Alves

IMP - João Victor e William

CON - João Victor e William Alves

GLO - João Victor e William Alves

NÁU - João Victor e William Alves

TRE - João Victor e William Alves

FER - João Victor e Danny Morais

BOT - João Victor e Danny Morais

SAM - João Victor e Vitão

 

Volantes e meia

ABC - Charles, Allan Dias e Celsinho

IMP - Charles, Allan Dias e Dudu

CON - Charles, Allan Dias e Dudu

GLO - Ítalo Henrique, Allan Dias e Dudu

NÁU - Charles, Allan Dias e Daniel Costa

TRE - Charles, Allan Dias e Daniel Costa

FER - Charles, Marcelo Mattos e Daniel Costa

BOT - Charles, Kadu e Daniel Costa

SAM - Lucas Gonçalves, Kadu e Allan Dias

 

Pontas

ABC - Everton e Misael

IMP - Everton e Misael

CON - Everton e Misael

GLO - Everton e Misael

NÁU - Everton e Dudu

TRE - Everton e Dudu

FER - Everton e Dudu

BOT - Augusto e Dudu

SAM - Misael e Dudu




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM