Jornal do Commercio
Notícia
Cobra Coral

Técnico do Santa Cruz lamenta lesão de Pipico e valoriza Guilherme

Guilherme Queiroz vai substituir o artilheiro Pipico no pelotão de frente do Santa Cruz

Publicado em 02/08/2019, às 13h06

Milton Mendes não vive bom momento na segunda passagem pelo Santa Cruz / Foto: Bruno Campos/TV Jornal
Milton Mendes não vive bom momento na segunda passagem pelo Santa Cruz
Foto: Bruno Campos/TV Jornal
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O técnico Milton Mendes admitiu a falta que o atacante Pipico irá fazer ao Santa Cruz no jogo decisivo contra o Imperatriz. Mas ressaltou as qualidades do substituto Guilherme Queiroz. De acordo com o treinador, é preciso valorizar a opção que tem disponível, e nesse momento, torcer que a peça que está fora volte o mais rápido. O comandante coral ainda destacou a liderança de Pipico diante dos companheiros e mostrou confiança no pelotão de frente que será escalado com Everton, Jailson, Dudu e Guilherme Queiroz.

“É um artilheiro, o nosso goleador. Além disso, vai fazer falta pelo atleta, profissional e homem que é dentro e fora do campo. Mas acredito muito no Guilherme. É um jogador com uma personalidade muito positiva e grande nível intelectual. São jogadores de características diferentes. Porém, agora temos que torcer para ele (Pipico) volte logo e os nossos atacantes possam fazer os gols necessários para nos ajudar”, comentou.



Pipico é o autor de um terço dos 48 gols do Tricolor do Arruda na temporada. Isso nas 30 partidas disputadas na temporada. Já Guilherme Queiroz balançou a rede apenas duas vezes em 20 oportunidades.

OPÇÃO

Outra opção que estará no banco de reservas é o centroavante Neto Costa, de 22 anos. Como o clube não consegue contratar um camisa nove, restou a “solução caseira”, já que o jovem atleta estava no sub-23.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM