Jornal do Commercio
Notícia
Cobra Coral

Se obter classificação, treinador do Santa Cruz prefere jogar mata-mata da Série C na Arena

O Santa Cruz mandou os dois últimos jogos como mandante para São Lourenço da Mata diante do Imperatriz e Globo

Publicado em 23/08/2019, às 19h22

Milton Mendes prefere que Santa Cruz jogue quartas de final na Arena / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Milton Mendes prefere que Santa Cruz jogue quartas de final na Arena
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O técnico Milton Mendes não titubeou ao ser questionado sobre onde prefere jogar o mata-mata, se conseguir vencer o clássico deste sábado contra o Náutico e avançar de fase na Série C do Campeonato Brasileiro. E não será no tradicional reduto do Santa Cruz. "Na Arena. Curto e grosso", respondeu o treinador.

Desde a preparação para o duelo em casa diante do Imperatriz, o comandante coral e os jogadores tornaram público o desejo de atuar na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Pedido que foi aceito pela direção e os dois últimos confrontos como mandante - as vitórias em cima do Imperatriz e Globo - aconteceram fora do Arruda.

O gramado do estádio José do Rego Maciel tem passado por um processo intenso de reparos e manutenção nos últimos dias. Até um novo plantio de grama foi realizado em algumas partes do campo. Porém, Milton Mendes endossa o discurso de que o gramado do Arruda prejudica o time durante o jogo. Ao contrário da Arena.

PRÓXIMO JOGO

Resta qual será a postura do Santa Cruz, em caso de vitória no Clássico das Emoções e classificação para as quartas de final da Série C. Neste sábado, tem de fato o jogo do ano diante do rival Náutico. A partida está marcada para começar às 17h nos Aflitos.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM