Jornal do Commercio
Notícia
Cobra Coral

Atacante do Santa Cruz comemora artilharia da Copa do Brasil

Copa do Brasil acabou com Pipico na artilharia pelo Santa Cruz

Publicado em 20/09/2019, às 08h01

Pipico marcou 16 gols em 30 jogos pelo Santa Cruz em 2019 / Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Pipico marcou 16 gols em 30 jogos pelo Santa Cruz em 2019
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O Santa Cruz deixou a Copa do Brasil deste ano na quarta fase, mas o atacante Pipico conseguiu cravar o nome dele na edição com a camisa coral. E o feito não tinha como não ser comemorado pelo camisa nove da Cobra Coral. Ao lado dos jogadores da mesma posição, Luciano (Fluminense e Grêmio) e Paolo Guerrero (Internacional), ele conseguiu levar o título de artilheiro da competição com cinco gols marcados. O prestígio é ainda maior porque ele teve a maior média de gols entre os goleadores. Pelos Tricolores carioca e gaúcho, Luciano chegou até a sétima fase. Já Guerrero foi até a final do torneio pelo Colorado.

“Um momento de muita alegria na minha vida e carreira. Estou feliz por essa conquista. Só posso agradecer a todos que sempre me apoiaram e passaram a convicção de que seria artilheiro. Foi um prazer e honra atingir essa marca, ainda mais em um campeonato de tanta expressão”, destacou o atacante do Santa Cruz.

Se levar em consideração o cenário local, a marca é ainda mais expressiva. Pernambuco teve cinco artilheiros em competições nacionais. Na Copa do Brasil, o atacante Bizu foi o primeiro, no ano de 1990, pelo Náutico com sete gols. Após 18 anos, Romerito teve seis tentos, em 2008, quando o Sport conquistou o torneio. Como também o centroavante Léo Gamalho no Santa Cruz, na temporada 2014, com o mesmo número.

Já no Brasileirão quem atingiu a marca pela primeira vez no Estado foi o ex-atacante Ramón, também vestindo a camisa coral, no ano de 1973, com 21 gols. Somente em 2016 um time do Estado conseguiu novamente chegar ao posto. O meia-atacante Diego Souza balançou a rede 14 vezes pelo Sport.



“Sabemos que a Copa do Brasil é muito importante. Tanto para o lado profissional quanto para o financeiro. Isso ajuda o clube a ter condições financeiras até o fim da temporada. Não tenho como não ficar muito lisonjeado em fazer cinco gols em seis jogos na competição. Espero poder repetir esse momento e também conquistar o principal objetivo do clube, que é o acesso”, enalteceu.

NÚMEROS

Pipico ressaltou que a forte ligação dele com o Santa Cruz facilitou para o bom desempenho nesta temporada. Foram 30 partidas e 16 tentos. Isso porque ainda teve uma grave lesão na panturrilha esquerda que o tirou dos últimos cinco confrontos da temporada.

A média de gols marcados do atacante no Arruda é alta desde a chegada. No ano passado, ele disputou nove confrontos e balançou a rede seis vezes. Com isso, ganhou o protagonismo entre os corais e caiu nas graças da torcida.

“Tive a oportunidade de defender o Santa Cruz em 2016, mas não deu certo. Cheguei ano passado, fiz gols em nove jogos e este ano consegui atingir a marca de 16 gols em 30 partidas. Isso é fruto de muito trabalho. Sempre procuro me dedicar ao máximo. Sei da exigência do clube onde estou jogando e da grandeza dele”, comentou.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM