Jornal do Commercio
Notícia
Cobra Coral

Intervenção Popular Coral busca reforma do estatuto do Santa Cruz

Grupo de torcedores do Santa Cruz se uniu nas redes sociais para propor mudança

Publicado em 22/09/2019, às 07h04

Grupo de torcedores do Santa Cruz une tricolores de todas as idades / Foto: Intervenção Popular Coral/Divulgação
Grupo de torcedores do Santa Cruz une tricolores de todas as idades
Foto: Intervenção Popular Coral/Divulgação
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O Santa Cruz não teve um desempenho nada positivo nas duas últimas temporadas. A performance abaixo da média despertou nos bastidores do Arruda uma nova corrente em busca de mudança. Por meio das redes sociais, um grupo de torcedores intitulado de “Intervenção Popular Coral” está se mobilizando para colher 1/5 das assinaturas dos sócios e convocar uma Assembleia Extraordinária com o intuito de reformar o estatuto do clube. As ações estão sendo coordenadas pelos advogados Jhonny Guimarães, João Santana e Rafael Luna. A premissa dos jovens tricolores é tornar a torcida uma voz ativa nas ações da Cobra Coral.

“Nosso grupo não tem propósito político ou eleitoral e muito menos pensa em eleição. O objetivo é a reforma estatutária do clube através de uma participação direta da torcida, para construirmos de maneira legítima e popular. Alguns setores do Santa não apresentam interesse nessa mudança. Como isso é difícil acontecer de dentro para fora, vamos fazer de fora para dentro pelos meios legais”, explicou Jhonny.

Na próxima terça-feira, o Conselho Deliberativo do Santa Cruz tem uma reunião extraordinária para decidir, entre os pontos da pauta, quem será o novo 1º secretário e o presidente da comissão da reforma do estatuto. Isso porque o ex-titular Diogo Melo solicitou a renúncia de ambos os cargos por não enxergar o união dos tricolores dentro do Santa Cruz em prol da pauta bastante levantada, principalmente pelos mais jovens sócios e torcedores.

“Já vinha analisando o estatuto desde as últimas eleições. Existia uma pessoa dentro do clube que declaradamente estava empenhada em reforma. Era Diogo Melo, 1º secretário do Conselho Deliberativo. A saída dele foi o estopim para fazer essa mobilização e convocar a torcida”, afirmou Guimarães.

Entre as bandeiras da Intervenção Popular Coral está a profissionalização de todos os departamentos, a extinção da Comissão Patrimonial como órgão independente, além de melhorar o processo eleitoral.



“Principal ponto que defendemos é a democratização do clube e reestruturação dos poderes. A Patrimonial deve ser uma diretoria ligada ao Executivo. Além disso, queremos regularizar as eleições do clube. Também pretendemos abrir o Conselho Deliberativo para a torcida. Queremos que seja proporcional ao resultado das eleições para contemplar todos os torcedores e que eles sejam ouvidos. Outro ponto é a profissionalização, presidente e vice remunerados, assim como toda a diretoria e com tempo integral”, contou Jhonny.

COLETA

Segundo o advogado, até a última contagem (sexta-feira), mais de 300 assinaturas já foram recolhidas em uma semana. Existem vários pontos de coleta no Recife, Região Metropolitana e até em outros Estados próximos a Pernambuco. O grupo tem cerca de 40 pontos de coleta e até um motoqueiro para recolher na Zona Sul do Recife. Com cerca de mil assinaturas (1/5), o grupo acredita que será possível convocar a Assembleia Extraordinária.

“O clube não divulga a lista de sócios, mas da última vez que esse assunto foi falado estava em torno de cinco mil. Desde a eleição estou brigando para ter acesso a lista de sócios, já que o Santa Cruz não divulga de jeito nenhum. Tenho um processo desde a última campanha, que venci em janeiro, e solicitei o recadastramento de todos os associados”, declarou.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM