Jornal do Commercio
ilha do retiro

Sport confirma saída de Oswaldo de Oliveira para o Corinthians

Comunicado da diretoria do clube pernambucano foi feito por meio de nota oficial

Publicado em 11/10/2016, às 20h38

Treinador comandava o Sport havia cerca de 6 meses / JC Imagem
Treinador comandava o Sport havia cerca de 6 meses
JC Imagem
JC Online

O Sport confirmou na noite desta terça-feira (11) a saída do técnico Oswaldo de Oliveira do clube após cerca de seis meses. O destino do comandante é o Corinthians, como a imprensa nacional já vinha antecipando desde a tarde desta terça.

OSWALDO DE OLIVEIRA COMANDA CONTRA A CHAPECOENSE

Ele ainda comanda o Leão diante da Chapecoense, na manhã desta quarta-feira (12), em Santa Catarina, pela 30ª rodada da Série A do Brasileiro. O clube rubro-negro ainda não anunciou um novo treinador, mas pretende fazê-lo até a próxima sexta-feira (14).

"O Sport lamenta a decisão e agradece os serviços prestados. Até sexta-feira (14), o Clube anunciará o novo treinador que já está apalavrado, faltando apenas a assinatura de contrato", diz a nota do Sport.

NÚMEROS DE OSWALDO DE OLIVEIRA NA ILHA

O técnico deixa com o rendimento abaixo do esperado no momento de sua contratação. Oswaldo de Oliveira foi anunciado pela diretoria do Sport no dia 24 de abril deste ano, às vésperas das duas partidas válidas pela decisão do Campeopnato Pernambucano, vencido pelo Santa Cruz. Do início de sua passagem até esta terça-feira, Oswaldo comandou o Leão por 33 jogos, vencendo nove partidas, empatando outras nove e perdendo 15 jogos, um aproveitamento de 36,7% dos pontos disputados. A primeira vitória de Oswaldo de Oliveira no Sport só foi conquistada em sua sexta partida, justamente para o mesmo Santa Cruz, em partida válida pelo primeiro turno do Brasileirão.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

 

Na Série A do Campeonato Brasileiro, Oswaldo deixa o Sport na 16ª posição com 34 pontos, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento. Apesar de possuir o sexto melhor ataque da competição, com 39 gols anotados, a defesa do clube deixou a desejar. Foram 45 gols anotados contra a meta do Leão, a 3ª pior marca do campeonato, à frente apenas de Chapecoense e Santa Cruz, com ambos sofrendo 50 gols.



NO SPORT, OSWALDO DE OLIVEIRA ERA DEFENSOR DOS FRACOS E OPRIMIDOS

A relação de Oswaldo de Oliveira com a torcida do Sport foi sempre de desconfiança, muito porque ele sempre saiu em defesa de jogadores contestados, como Serginho, Agenor, Vinícius Araújo, Edmilson e Gabirel Xavier. Destes, apenas Gabriel Xavier atualmente é titular da equipe na Série A do Brasileirão. O meia, porém, segue contestado pelos torcedores rubro-negros.

O caso mais recente foi o do goleiro Agenor, que a torcida culpou pela derrota diante do Coritiba, por 1x0, na Ilha do Retiro. Após tomar gol em uma bola levantada para área, os rubro-negros passaram a pegar no pé todas as vezes em que o arqueiro tocava na bola.

Ainda no primeiro tempo, Oswaldo virou para arquibancada e contestou o comportamento de alguns torcedores. "Quando gosto muito de um clube, eu me exponho mais. Aquele era um momento difícil e, se eles continuassem vaiando Agenor, provavelmente ele levaria outro gol, porque estava arrasado. Alguém tinha que tomar uma atitude, e esse alguém era eu. É uma responsabilidade minha. Virei e pedi aplausos, e consegui. Tanto que depois ele foi aplaudido e demonstrou segurança", disse, após aquele jogo.

Na mesma partida, foi chamado de burro. O treinador sempre costuma falar que a sua relação com a torcida do Sport é como um casamento, que às vezes estava ruim, mas logo fazia as pazes.

E também, mesmo em momentos ruins, ele fazia questão de ressaltar que era questionado por uma minoria. "Tenho sentido muito apoio aqui. Da diretoria e de todos que nos cercam. O trabalho flui normalmente e não tenho nenhum deslize. Muitas vezes não conseguimos o resultado, mas está muito claro para todos que acompanham as partidas que o Sport tem jogado", falou, em outra ocasião.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM