Jornal do Commercio
MAIOR DE TODOS

Magrão iguala número de títulos de Leonardo no Sport

Com o heptacampeoanto, Magrão chegou a nove títulos pelo Sport

Publicado em 29/06/2017, às 01h06

Magrão se tornou o maior campeão com a camisa do Sport / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Magrão se tornou o maior campeão com a camisa do Sport
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
FELIPE HOLANDA
Twitter: @f_holanda1

Maior ídolo do Sport, Magrão não se cansa de fazer história defendendo o clube rubro-negro. Aos 40 anos, conquistou diante do Salgueiro, nesta quarta (28), no Cornélio de Barros, seu nono título pelo Leão da Praça da Bandeira – seu sétimo Campeonato Pernambucano do currículo. Ele agora, além de maior ídolo e jogador que mais defendeu o clube (649 partidas), se torna o atleta com mais títulos pelo time da Ilha do Retiro. Ao lado do ex-atacante Leonardo, que também tem nove taças.

Foi exatamente numa conquista de Campeonato Pernambucano que ele escreveu seu primeiro capítulo como grande campeão do Sport. Em 2006, diante o rival Santa Cruz, Magrão ainda era reserva do goleiro Gustavo (destaque na disputa de pênaltis), mas já começava a dar indícios do seu potencial.

Cada título é único,muito feliz por mais este!! ????

Uma publicação compartilhada por Alessandro Beti Rosa (@magraogoleiro) em

No ano seguinte, chegou ao bicampeonato, desta vez oscilando em jogos como titular e reserva. Na grande final, o Sport derrotou o Náutico por 2x0 e chegou ao seu 36º título Estadual. Depois de mais um título, o camisa 1 leonino chegou com moral para a disputa do Brasileirão. No entanto, começou mal, levando o gol mil de Romário em duelo entre Sport e Vasco.



A maior de todas as redenções veio em 2008, ano em que as histórias do Sport e de Magrão se tornaram uma só. No início da temporada, chegou ao tricampeonato do Pernambucano, mas o melhor ainda estava por vir. E veio em grande estilo. Numa campanha irretocável na Copa do Brasil – com direito a um pênalti convertido na disputa de penalidades contra o Vasco nas semifinais –, o camisa 1 foi um dos ícones da conquista do torneio nacional, quando o Leão derrotou o Corinthians na decisão e ficou com o título.

Depois daí, Magrão continuou sua saga levantar troféus vestindo a camisa do Sport. Conquistou mais três Campeonato Pernambucanos (2009, 2010 e 2014) e uma Copa do Nordeste (2014).


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM