Jornal do Commercio
DE VOLTA

Régis pode ser a solução para a carência do Sport no meio de campo

Jogador, de 25 anos, tem contrato com o Leão até dezembro de 2018 e estava emprestado ao Bahia nas duas últimas temporadas

Publicado em 05/12/2017, às 17h01

Régis pode retornar à Ilha do Retiro para cumprir último ano de contrato / Foto: Bahia/ divulgação
Régis pode retornar à Ilha do Retiro para cumprir último ano de contrato
Foto: Bahia/ divulgação
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Um dos inúmeros calos do Sport na temporada foi o setor de criação do time. Se nos anos anteriores a equipe rubro-negra dependia dos lampejos de lucidez de Diego Souza... Em 2017, essa dependência acabou aumentando com a lesão sofrida por Everton Felipe no decorrer do Brasileirão. Uma solução para 2018 pode ser num atleta que tem vínculo com o clube, mas que há dois anos está emprestado ao Bahia: o meia Régis.

O meio-campista, de 25 anos, tem contrato com Sport até dezembro de 2018. Como o empréstimo com o Bahia se encerrou, ele deve retornar ao clube pernambucano. Caso o Tricolor de Aço queira contar com o atleta terá de comprar os seus direitos econômicos, que passa dos R$ 2 milhões.



De acordo com Diego Aramuni, assessor de comunicação de Régis, o meia ainda não sabe por qual equipe vai atuar em 2018. Que apesar de ter contrato com o Sport, não sabe se voltará para o clube, pois não sabe há interesse por parte da diretoria rubro-negra.

Régis defendeu o Sport nas temporadas 2014 e 2015. Ele disputou 63 partidas e marcou nove gols pela equipe leonina.

OUTROS MEIAS

O elenco rubro-negro não tem muitas opções para a posição. Além de Diego Souza (mesmo com contrato até dezembro de 2018, tem futuro incerto) e Everton Felipe (só deve retornar aos gramados em abril - em recuperação da lesão no ligamento no joelho), o Sport só conta com Thomás, que não convenceu no Leão, e o prata da casa Pardal.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM