Jornal do Commercio
EXPECTATIVA

Magrão diz que pressão do Sport na Copa do Brasil aumenta com Nelsinho

O goleiro, de 40 anos, ressalta que o torcedor rubro-negro espera bastante do time nessa competição.

Publicado em 11/01/2018, às 15h39

Magrão foi campeão da Copa do Brasil em 2008 / Foto: JC Imagem
Magrão foi campeão da Copa do Brasil em 2008
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Depois da conquista de 2008, a Copa do Brasil passou a ser uma competição diferente para o Sport. Desde então, a cada edição do torneio, os torcedores rubro-negros criam a expectativa de que o time leonino possa repetir novamente o troféu de campeão. Nesta temporada, com a chegada de Nelsinho Baptista justamente quando se completa 10 anos da conquista, a pressão para que a equipe tenha um bom desempenho será ainda maior em cima dos jogadores.

"Esse anseio todo ano tem... O torcedor do Sport sempre espera repetir esse feito de 2008. Sempre que começa a Copa do Brasil é a mesma coisa. Esse ano mais ainda, principalmente por Nelsinho (Baptista) comandar o time nesse ano (depois de 10 anos da conquista). Então, eu acredito que a cobrança e a expectativa serão maiores que em anos anteriores", comentou o goleiro Magrão, que esteve na campanha do título da competição nacional ao lado do treinador e do zagueiro Durval.



COMPETITIVIDADE

Independente de a Copa do Brasil ter uma representatividade maior para o Sport, o camisa 1 rubro-negro garante que o Leão vai entrar disputar o título em todas as competições. "Temos de ter tranquilidade e fazer o nosso melhor em todos os campeonatos. Vamos entrar para conquistar títulos e, na Copa do Brasil, não será diferente. Competição difícil, mas temos de ir por etapas. Primeiro pensar no Estadual, começar bem a temporada e, gradativamente, ir crescente durante o ano", enfatizou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM