Jornal do Commercio
Indisciplina

'Um jogador desse não pode ficar no Sport', diz Nelsinho sobre Juninho

A negativa em ir para a partida diante do Santos-AP pela Copa do Brasil na semana passada foi a gota d'água para a saída do jogador

Publicado em 14/02/2018, às 09h03

O sobrepeso também foi uma das principais reclamações de Baptista em relação ao atacante na temporada / Foto: Williams Aguiar/Sport Recife
O sobrepeso também foi uma das principais reclamações de Baptista em relação ao atacante na temporada
Foto: Williams Aguiar/Sport Recife
Vinícius Barros
Twitter: @ViniBarros11

Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (14), o técnico Nelsinho Baptista criticou o atacante Juninho pela indisciplina apresentada nessa temporada. Para o treinador, o atleta é tratado como um caso a parte.

"Desde o início do ano, ele chegou no clube com cinco quilos acima do peso. Chamei ele porque estava muito preocupado, porque é um jogador de qualidades técnicas, mas que não tem cabeça", ressaltou.



A negativa em ir para a partida diante do Santos-AP pela Copa do Brasil na semana passada foi a gota d'água para a saída do jogador, confirmada pelo técnico. "Quando o André não viajou, nós reconvocamos o Juninho e ele falou que não ia e não foi. Essa não é a primeira vez. Quando o Sport foi disputar o título pernambucano contra o Salgueiro ele também se negou a ir, então um jogador desse não pode ficar no Sport. A instituição é maior que todos nós, se ele não respeita as pessoas aqui, tem que respeitar a instituição, por isso está fora do grupo", declarou.

Sobrepeso

O sobrepeso também foi uma das principais reclamações de Baptista em relação ao atacante."Na terceira avaliação, todos que chegaram acima do peso, perderam. Ele, ao contrário, ganhou. A Dr. Flávia (nutricionista do Sport) conversou com a irmã dele sobre a alimentação na casa dele e por isso ele não estava sendo relacionado", disse.


Recomendados para você


Comentários

Por Roberto,15/02/2018

Diego Souza já saiu do SPORT... as VIÚVAS do Diego nunca esquecem dele... quanto ao Juninho tenho raiva quando olhos tantos garotos dando o sangue para estar no SPORT e esse maluco joga tudo pelo ralo... VERGONHA !

Por Fernando Souza,15/02/2018

Parabéns ao Nelsinho. Esse garoto já deu várias demonstrações do seu mau caráter. Um deslumbrado que não vai ser nada na vida. Afasta mesmo do elenco pra não contaminar os demais. Quanto a essa incompetente Diretoria ainda temos de atura-lá até o final do ano..

Por sabino,14/02/2018

Parabens Nelsinho Batista! Demonstrou que continua com a mesma coerência e mesmo criterio que o tornaram grande e respeitado! Já essa diretoria...

Por Valdemir,14/02/2018

Podem investigar que por trás disso tem craque !

Por ZE PACHECO,14/02/2018

ESTE JOGOU FORA A CHANCE DE SUA VIDA!!! ALGUNS PODE DIZER: MAS ELE PODE AINDA JOGAR EM OUTROS CLUBES, PODE!!! MAS VAI SEMPRE PULAR DE GALHO EM GALHO E NO FINAL VAI DIZER QUE NINGUEM DEU A CHANCE QUE ELE MERECIA.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM