Jornal do Commercio
Polêmica

Sport: Secretário do Conselho condena atitude de Homero

Presidente do Conselho Deliberativo convocou assembleia geral contra o presidente do executivo, Arnaldo Barros

Publicado em 16/05/2018, às 11h26

Homero Lacerda convocou assembleia geral para debater impeachment de Arnaldo Barros / JC Imagem
Homero Lacerda convocou assembleia geral para debater impeachment de Arnaldo Barros
JC Imagem
JC Online

O primeiro secretário do Conselho Deliberativo do Sport, Yuri Limeira, condenou, nesta quarta-feira (16), a atitude do presidente do órgão, Homero Lacerda, de convocar uma Assembleia Geral contra o atual chefe do executivo, Arnaldo Barros. Homero foi motivado pelas mais de 500 assinaturas de sócios que querem o impeachment do mandatário. De acordo com Limeira, porém, o estatuto do Leão é claro e não dá esse poder ao chefe do Conselho Deliberativo.

"O presidente (do Conselho Deliberativo) não poderia ter enviado ofício diretamente para o presidente Arnaldo Barros. O estatuto é muito claro. Eu respeito a opinião dos juristas que Homero escutou (antes de decidir convocar a assembleia)", declarou Limeira, em entrevista à Rádio Jornal. "O artigo 68 do estatuto do clube é claro quando diz o seguinte: em caso de impedimento de qualquer membro de qualquer órgão do Sport, precisa ser convocado o Conselho Deliberativo, com no mínimo 2/3 dos membros para discutir se vai ou não haver assembleia geral. Se achar que os argumentos não têm fundamento, o Conselho pode, sim, impedir (a assembleia)", completou.



BLINDAGEM

O primeiro secretário do Conselho rebateu ainda a acusação de Homero de que o colegiado estaria protegendo Arnaldo Barros. "Não há blindagem nenhuma do presidente Arnaldo Barros. Isso é algo que desprestigia o Conselho Deliberativo, que tem uma função estatutária de zelar pela plena execução do que diz o estatuto do clube. Convocamos Arnaldo Barros várias vezes, ele compareceu, fez as explicações. Explicou o balanço financeiro que, inclusive, foi aprovado por ex-presidentes do clube", explicou.

De acordo com Limeira, o Conselho Deliberativo do Sport ainda estuda o que fazer em relação a atitude de Homero. Os membros vêm conversando informalmente, mas o objetivo é cumprir o rito estatutário, que é ter 2/3 dos integrantes para deliberar sobre a viabilidade, ou não, da convocação de uma Assembleia Geral. "Se o Conselho achar que é válido, vai convocar a Assembleia Geral", finalizou.

 



Comentários

Por LYRA,16/05/2018

Esse Arnaldo Barros é o novo TEMER do pedaço, comete um monte de irregularidades dentro do nosso CLUBE e depois seus comparsas o livram do impedimento, ou seja, não existe mais nenhuma diferença entre futebol, religião e politica, todos esses seguimentos estão repletos de marginais, cada qual com uma facção criminosa diferente.

Por Dilson José Condé Freire,16/05/2018

Esse Conselho aprovou as contas do arrogante AB com déficit a ainda comemorou. Agora vem falar em desprestigio. Se tem desprestigio foram eles mesmo que deram causa. É verdade que o HL está mais imbuído por questões politicas do que pensando no Sport. Mas, por ora serve.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM