Jornal do Commercio
EM ALTA

Em boa fase no Sport, Sander é um dos principais marcadores da Série A

Lateral é o sétimo jogador que mais desarma na Série A, com 21 roubos de bola

Publicado em 29/05/2018, às 08h17

Sander tem sido fundamental no setor defensivo do Sport / Foto: JC Imagem
Sander tem sido fundamental no setor defensivo do Sport
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Se tem um jogador que representa bem a nova fase vivida pelo Sport, esse alguém é Sander. Com um estilo de jogo de muita raça e entrega dentro de campo, o lateral-esquerdo leonino se adaptou rapidamente à filosofia de trabalho do técnico Claudinei Oliveira e tem sido peça importante no time, principalmente na parte defensiva. Segundo o Footstats (site especializado em estatísticas futebolísticas), o ala é o sétimo jogador que mais desarma certo no Brasileirão, com 21 roubadas de bola, Anselmo é o primeiro, com 29.

“Estou vivendo uma fase espetacular. Os números mostram isso. Porém, procuro corrigir as minhas deficiências a cada treino. Quero mostrar que sou capaz de ajudar a equipe a subir cada vez mais na tabela”, comentou Sander, que sempre é um dos últimos a deixar os treinamentos. “Sempre brinco com meus colegas que nós, da parte defensiva, temos de estar preparados fisicamente, pois no segundo tempo os adversários sempre colocam atacantes cheios de gás. E temos de ter pernas para contê-los. Por isso sempre trabalho um pouco a mais para manter a intensidade os 90 minutos”, explicou.

Contra o Palmeiras, no último sábado, o ala conseguiu neutralizar Keno, um dos principais atacantes do futebol brasileiro, e contribuiu bastante na marcação. O principal lance foi aos 51 minutos, logo após a defesa de pênalti de Magrão, quando o camisa 56 deu um carrinho na bola para evitar que o atacante palmeirense aproveitasse o rebote e empatasse a partida.



Apesar da boa fase com a camisa rubro-negra, o lateral relembra que no início encontrou algumas dificuldades e sofria com a desconfiança do torcedor. “No começo a minha adaptação foi difícil por conta da interação, já que sou um pouco tímido. Mas, desde que cheguei, já tinha ideia da grandeza do Sport. As minhas características de jogo com raça e determinação aliaram com a maneira como o clube sempre jogou. Sou igual ao torcedor e sinto essa energia das arquibancadas. Agora, mais adaptado, procuro contagiar os meus colegas em campo, pois aqui é minha casa e gosto muito do clube”, falou.

LADO FORTE

Desde o ano passado, o setor esquerdo do Leão tem sido o lado forte. Se em 2017, Sander tinha como parceiros Mena e Patrick, nesta temporada a tabelinha tem sido com o meia Marlone. “Eu sou um cara chato e me cobro bastante. Marlone, às vezes, até briga comigo que quero todas as jogadas pelo meu setor. Sei que devemos ter equilíbrio, mas procuro fazer a diferença e sempre dar opção”.

Sander atuou pendurado com dois amarelos nas duas últimas rodadas. Caso tome o terceiro, a única opção é Evandro.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM