Jornal do Commercio
SÉRIE A

Claudinei define time do Sport e justifica ausência de Michel Bastos

Treinador rubro-negro diz que aproveitamento do meia-atacante no segundo tempo faz parte do planejamento

Publicado em 12/06/2018, às 19h44

Claudinei Oliveira segue sem fazer modificações drásticas no time do Sport / Foto: JC Imagem
Claudinei Oliveira segue sem fazer modificações drásticas no time do Sport
Foto: JC Imagem
JC Online

Assim como já vem procedendo desde que chegou ao Sport, o técnico Claudinei Oliveira segue priorizando a manutenção do time de uma rodada para outra, buscando mudar só em caso de necessidade. Por isso, contra o Grêmio, quarta-feira (13), às 19h30, na Ilha do Retiro, pela 12ª rodada do Brasileirão, a única mudança no time em relação à derrota para o Vasco, será a entrada de Maílson no lugar de Magrão (suspenso pelo terceiro cartão amarelo).

"A única mudança será essa mesmo. O restante do time é o mesmo que iniciou o confronto com o Vasco", adiantou Claudinei. O Sport que vai a campo terá: Maílson; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid e Fellipe Bastos; Rogério, Gabriel e Marlone; Rafael Marques.



Diante da expectativa da utilização de Michel Bastos, por conta das boas apresentações dele nas últimas rodadas, Oliveira procurou conversar individualmente com o meia-atacante. "Conversei com Michel ao final do treino para reforçar e valorizar o que ele vem fazendo pelo time. Ele tem sido muito importante quando entra. Sei que pode ter criado uma expectativa de ele entrar por ter marcado gols nos últimos jogos... Então, por não acontecer, expliquei a ele o que penso sobre o aproveitamento dele", revelou.

RENDIMENTO

A ideia do treinador rubro-negro é de aproveitar a parada da Copa do Mundo para deixar todos os jogadores 100% à sua disposição. "Teremos 30 dias para todos ficarem aptos na volta dos jogos. Ele (Michel) quando chegou aqui estava parado, vinha de uma lesão. Estamos usando ele da melhor maneira, entrando com 30, 35 minutos para jogar, pegando os adversários cansados. E, assim, no decorrer da partida, ele já marcou dois gols. Deixei claro pra ele que estou observando o que ele tem feito, que valorizo o que ele está fazendo. No futuro, ele pode vir a ser titular, mas é preciso paciência que as coisas acontecem", falou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM