Jornal do Commercio
DÉBITOS

Com pouca atuação no mercado, direção do Sport prioriza quitar débitos

Atual elenco rubro-negro está com dois meses de salários atrasados

Publicado em 10/07/2018, às 13h45

Diretoria do Sport se esforça para quitar débitos com o elenco leonino / Foto: JC Imagem
Diretoria do Sport se esforça para quitar débitos com o elenco leonino
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Os cofres rubro-negros estão vazios. Essa é a principal justificativa de a diretoria do Sport atuar de maneira tímida no mercado de transferências, pois o clube segue com dificuldades financeiras. Até o momento, apenas o lateral-esquerdo Jean, que veio do modesto Tubarão-SC, da Quarta Divisão, foi contratado para o restante da disputa da Série A.

Mesmo com a necessidade de reforçar o elenco, a direção leonina tem outra prioridade: quitar os débitos com o atual plantel. De acordo com apuração da reportagem do Jornal do Commercio, os jogadores estão com dois salários referentes à CLT em atraso e uma imagem (a segunda vence nessa semana). A ideia dos dirigentes rubro-negros é tentar pagar uma folha nos próximos dias.



ENXUGAR

Com pouco dinheiro em caixa, o Sport vai trabalhar no restante do Brasileirão com um elenco mais reduzido. Por isso, para enxugar a folha salarial, tem procurado negociar alguns atletas que não estão sendo aproveitados, caso de Oswaldo Henríquez e Felipe Rodrigues, que tiveram seus contratos rescindidos de maneira amigável, além do prata da casa Fabrício, emprestado ao Guarani.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM