Jornal do Commercio
Justiça

Advogado de Juninho vai entrar com ação indenizatória contra o Corinthians

Clube paulista desistiu de contratar o atacante do Sport

Publicado em 09/08/2018, às 19h30

Atacante não atuará mais no clube paulista / JC Imagem
Atacante não atuará mais no clube paulista
JC Imagem
JC Online

Por conta da desistência por parte do Corinthians, o atacante Juninho, através do advogado Ernesto Cavalcanti, entrará com uma ação indenizatória contra o clube paulista. Segundo o magistrado, querem transformar o jogador em um bandido. "Vamos entrar com ação indenizatória contra o Corinthians, pelo absurdo cometido. Não se faz isso com o ser humano. A pena que estão impondo a ele é maior que o Código Penal. Estão tentando, mas não vão, conseguir transformar em um bandido", disse o advogado para a Rádio Jornal.

O Corinthians desistiu da contratação do jogador após protesto da torcida por conta do extracampo dele. Juninho é acusado pela ex-namorada de agressão. Chegou inclusive a prestar depoimento no Recife sobre o caso, no ano passado, sendo liberado após pagamento de fiança.



"É um jovem que cometeu um erro e está tentando se recuperar. Para isso vou acionar judicialmente. Cobrando o Corinthians pelo absurdo cometido", destacou Cavalcanti novamente.

CRÍTICAS

Juninho vem recebendo uma rejeição muito grande por parte dos torcedores após a denúncia da ex-namorada. Ao ir para o Ceará, muitas críticas por parte dos cearenses, que não admitiam a presença do jogador no time. O mesmo ocorreu nas redes sociais do Corinthians, com o atenuante que o clube tinha colocado no mesmo dia, 7 de agosto, uma homenagem aos 12 anos da Lei Maria da Penha, que versa sobre a agressão contra as mulheres. Isso foi o estopim para uma série de críticas ao alvinegro de São Paulo, que abriu mão da negociação. Assim, ele volta ao Sport.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM