Jornal do Commercio
SÉRIE A

Com Sport na mira, Corinthians e Romero atravessam má fase no Brasileiro

Técnico Jair Ventura pode armar time mais ofensivo para enfrentar o Sport em Itaquera

Publicado em 14/09/2018, às 09h05

Romero é o maior artilheiro da Arena Corinthians, com 27 gols / Foto: Divulgação/Corinthians
Romero é o maior artilheiro da Arena Corinthians, com 27 gols
Foto: Divulgação/Corinthians
Diego Borges
com informação de agência

Além da pressão para deixar a zona de rebaixamento e voltar a respirar na tabela do Campeonato Brasileiro, o Sport terá um fator desfavorável a mais para enfrentar o Corinthians, na próxima rodada, em Itaquera. Dono da pior defesa da Série A, o time rubro-negro é visto como uma boa oportunidade para o alvi-negro encerrar o jejum de quatro jogos sem vencer, em especial para o atacante Romero, que não marca há dez jogos.

Artilheiro do time na Série A, Romero é a principal referência de gols do time paulista na temporada e da recente história da Arena Corinthians. Desde a inauguração em maio de 2014, ninguém balançou as redes do Itaquerão mais que o atacante paraguaio, com 27 gols no total.

A importância de Romero para o estilo de jogo do Corinthians é tamanha, que o jejum de gols reflete diretamente no rendimento da equipe. Desde a última vez em que balançou as redes da Série A, com hat-trick no 4 a 1 sobre o Vasco, o time paulista desceu de 7° para 10° colocado e viu a distância para o Z4 ser reduzida a apenas seis pontos.

Levando ainda em consideração o desempenho nas competições de mata-mata, paralelas ao Brasileirão, Romero não marca desde o jogo da ida pelas quartas de final contra a Chapecoense, passando em branco na eliminação para o Colo-Colo na Libertadores.



CORINTHIANS MAIS OFENSIVO

Recém-contratado, o técnico Jair Ventura deve mudar a formação tática em relação ao confronto da última quarta-feira com o Flamengo, pela semifinal da Copa do Brasil, qunado mandou a campo três volantes.

Jair realizará o seu terceiro no Corinthians, que ainda sequer marcou sob o seu recente comando. Para reforçar o setor ofensivo, terá o retorno do centroavante Roger, ex-Sport, impedido de jogar a Copa do Brasil por já ter defendido o Internacional no início da competição.

A tendência é que ele entre na vaga de Gabriel e a equipe atue com Ralf e Douglas na marcação do meio-campo. O Corinthians deixou o Rio na tarde da última quinta-feira, e os titulares da partida fizeram apenas uma trabalho regenerativo no CT Joaquim Grava.

Nesta sexta-feira, espera-se que Jair Ventura comande treino à tarde, onde deve começará a definir o time que entrará em campo no domingo, às 19h.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM