Jornal do Commercio
SÉRIE A

Com vitória heroica, Sport bate o Internacional por 2x1

Time rubro-negro vence o vice-líder do Brasileirão com gols de Adryelson e Mateus Gonçalves

Publicado em 05/10/2018, às 20h58

Sport vence o Internacional / Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Sport vence o Internacional
Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Ainda há esperança de se livrar do rebaixamento! Jogando como se estivesse lutando pelo título, o Sport não se intimidou diante do vice-líder do Brasileirão e venceu o Internacional por 2x1, nesta sexta-feira, na Ilha do Retiro, pela 28ª rodada. Mesmo saindo atrás do placar, gol marcado por Nico López, o Leão mostrou raça para virar a partida com gols de Adryelson e Mateus Gonçalves.

Com a vitória, a equipe rubro-negra chegou aos 27 pontos, mas segue na vice-lanterna da competição. O Leão volta a campo no domingo (14), quando encara o Atlético-PR, às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 29ª rodada da Série A.

O JOGO

No encontro entre o vice-lanterna (Sport) e o vice-líder (Internacional), a expectativa antes da partida iniciar era de que a equipe posicionada na parte de cima da tabela fosse tomar a iniciativa do jogo. O próprio técnico rubro-negro Milton Mendes apontou essa responsabilidade à equipe gaúcha e deixou claro que os seus comandados iriam jogar com as linhas baixas - de maneira reativa. Porém, só foi a bola rolar na Ilha do Retiro para observar que esse panorama não se concretizou.

Seguro de si, o Inter abdicou da obrigação de propor o jogo e não fazia questão de ficar com a bola. Diante da postura colorada e da ansiedade do torcedor rubro-negro nas arquibancadas, o Sport se viu obrigado a se lançar para o ataque e a abrir mão da postura cautelosa. A maneira que o time leonino encontrou de incomodar os colorados foi através das jogadas pelos lados do campo, principalmente com Raul Prata e Gabriel.

Com os dois se entendendo bem pela direita, os donos da casa até criaram boas jogadas. Contudo, a cada bola alçada na área na tentativa de abrir o placar, ficava evidente que o Leão carecia de um atacante de ofício para colocar a bola pra dentro. Michel Bastos, que estava posicionado como falso 9, até que mostrava boa movimentação ao sair da área na tentativa de buscar jogo, mas não tinha presença de área. Lá atrás, com o Inter bastante passivo na partida, o goleiro Magrão passou a primeira etapa sem ser incomodado.

Na volta para o segundo tempo, o time gaúcho já foi mostrando o porquê é o vice-líder do Brasileirão. Logo no primeiro minuto, o volante Patrick, ex-Sport, recebeu na entrada da área e disparou um forte chute, mas Magrão espalmou. Aos 13, foi a vez de D'Alessandro arriscar de longe e mandar por cima da meta rubro-negra. A resposta veio na sequência, quando Michel Bastos acertou um chute venenosa para a defesa de Marcelo Lomba.



Apesar de bem na partida, um vacilo custou caro ao Leão. Aos 21, Raul Prata deu bobeira na saída de bola e permitiu que D'Alessandro recuperasse a posse. O argentino avançou no campo defensivo rubro-negro e achou Nico López entrando sozinho pela direita para acertar um belo chute cruzado, vencendo Magrão: 1x0. Mesmo com o gol sofrido, o Sport não se abateu. Seguiu buscando encontrar os espaços ofensivos para empatar o marcador.

E, nessa busca, foi recompensado. Aos 33 minutos, após cruzamento de Gabriel, o prata da casa Adryelson conseguiu empurrar a bola para a rede colorada: 1x1. Incansável e lutando até o final, o segundo gol era questão de tempo. Aos 42, Michel Bastos recuperou bola no campo ofensivo e tocou com primor para Mateus Gonçalves entrar na área e chutar na saída de Lomba: 2x1.

FICHA DO JOGO: SPORT 2x1 INTERNACIONAL

SPORT: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Sander; Marcão (Fellipe Bastos), Jair e Gabriel (Matheus Peixoto); Marlone (Rafael Marques), Mateus Gonçalves e Michel Bastos. Técnico: Milton Mendes.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Fabiano, Emerson Santos, Klaus e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick e Camilo (Charles); Rossi (D'Alessandro), Nico López e William Pottker (Jonatan Álvez). Técnico: Odair Hellmann.

Local: Estádio da Ilha do Retiro. Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO). Assistentes: Bruno Raphael Pires e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO). Gols: Nico López, aos 21 minutos do 2º Tempo, e Adryelson, aos 33 minutos, e Mateus Gonçalves, aos 42 minutos. Cartões amarelos: Jair, Sander, Matheus Peixoto, Ronaldo Alves (SPO) e Fabiano (INT). Público: 9.974. Renda: R$ 52.510,00.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM