Jornal do Commercio
READEQUAÇÃO

Alguns atletas terão de passar por readequação salarial para permanecer no Sport em 2019

Pelo menos cinco jogadores que tem contrato com o Leão recebem acima dos R$ 100 mil

Publicado em 05/12/2018, às 21h24

Magrão é um dos mais bem pagos do elenco do Sport / Foto: Williams Aguiar/ Sport
Magrão é um dos mais bem pagos do elenco do Sport
Foto: Williams Aguiar/ Sport
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

O Sport vai encontrar uma nova e dura realidade na temporada 2019. Com o rebaixamento à Série B, as receitas do clube vão cair abruptamente (só a cota de televisionamento cairá de R$ 35 milhões para R$ 8 milhões). Diante disso, alguns jogadores que têm contrato e queiram permanecer no Rubro-negro, Terão de passar por uma readequação salarial.

Muitos deles estão num patamar financeiro que a diretoria leonina não terá condições de arcar com os compromissos, casos do goleiro Magrão, do zagueiro Ronaldo Alves, do volante Deivid e dos atacantes Rogério e Hernane Brocador - todos recebem acima dos R$ 100 mil. Já os laterais Raul Prata e Sander vêm logo abaixo, recebendo vencimentos próximos de R$ 80 mil.



Para disputar a Segundona, por exemplo, a nova diretoria que vai comandar o clube no próximo biênio 2019/2020 vai limitar o teto salarial com números bem mais modestos. “Não estava nos planos de ninguém administrar o clube na Série B. Isso muda tudo. Matematicamente, podemos dizer que, a diferença será de R$ 50 milhões (estimativa de quanto o Sport deveria receber da TV, em 2019) para R$ 8 milhões (cota da Segundona). São R$ 42 milhões a menos. É bastante complicado para quem pretende administrar o clube. Por isso, teremos de ter criatividade e muito trabalho para montar o elenco”, comentou Milton Bivar, candidato à presidente do Leão pela chapa ‘Sport do Povo’.

APOSTAR NA BASE

Já Eduardo Carvalho, candidato pela chapa ‘Uma Razão para Viver’, apontou medidas a serem tomadas, caso eleito. “Com uma redução financeira drástica temos de repensar algumas coisas. Lógico que, alguns atletas que a gente pensava trazer não será possível de imediato. Por isso, vamos dar uma atenção maior a nossa base. Tem alguns nomes do atual elenco que gostaríamos que ficassem, mas vou falar só do Jair, porque é unânime entre os rubro-negros”, citou.


Palavras-chave


OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM