Jornal do Commercio
Leão

Com presença da torcida, Sport goleia Agap na Ilha do Retiro

Foi o primeiro teste do técnico Milton Cruz com o atual elenco

Publicado em 12/01/2019, às 14h12

A última vez que a torcida acompanhou um jogo na Ilha foi no dia 2 de dezembro de 2018, na rodada final do Campeonato Brasileiro / Foto: Williams Aguiar/Sport Clube do Recife
A última vez que a torcida acompanhou um jogo na Ilha foi no dia 2 de dezembro de 2018, na rodada final do Campeonato Brasileiro
Foto: Williams Aguiar/Sport Clube do Recife
JC Online

Mais de um mês depois do último contato com a torcida na Ilha do Retiro, o Sport voltou a encontrar os rubro-negros na manhã ontem. Só que o contexto foi bem melhor do que o desfecho da última rodada da Série A do Campeonato Brasil, quando a equipe leonina venceu o Santos, mas acabou rebaixada. Dando ares de otimismo para a nova temporada, o Sport, que começou a preparação para 2019 no dia 3 de janeiro, goleou a equipe do Agap-PE em um jogo-treino por 7x0.

O Leão jogou com duas formações diferentes na movimentação. Foi a forma que o técnico Milton Cruz encontrou de testar o elenco que vem sendo reformulado para o início as competições. Ele escalou a seguinte formação no primeiro tempo da partida: Maílson; Raul Prata, Adryelson, Walber e Sander; Ronaldo, Neto Moura, Pardal e Ezequiel; Juninho e Hernane Brocador. Nesta etapa, o jogo terminou em 2x0 com um gol de Juninho e outro de Ezequiel.

No segundo tempo do duelo, o treinador optou por mudar todo o time, que entrou em campo dessa forma: Luan Polli; Norberto, Charleston, Chico e Evandro; Thallyson, João Victor, Leandrinho e Alisson Farias; Pedro Maranhão e Alison. Os responsáveis por ampliarem o placar no segundo tempo foram Pedro Maranhão, que balançou as redes três vezes, Alisson Farias e Alison.



O torcedor que esteve na Ilha do Retiro também observou no lado adversário atletas conhecidos do clube rubro-negro. Defendendo as cores da Agap estavam o volante Bia, o lateral-esquerdo Ademar e o atacante Carlinhos Bala.

PALAVRA DO TÉCNICO

“Ainda é um time em formação. É possível que cheguem jogadores que estão treinando e em pré-temporada em algum clube. De repente a gente consiga mudar algumas coisas, mas a base é essa aí mesmo. Estamos procurando colocar jogadores que estão há mais tempo no clube. E os atletas que chegarem agora, teremos um tempo maior para trabalhar. Estamos fazendo uma mescla, e observando quem está melhor fisicamente para começar nossa caminhada”, afirmou o treinador rubro-negro após a movimentação.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM