Jornal do Commercio
ESTADUAL

Sport vence o América por 2x0 e assume liderança provisória do Pernambucano

Hernane Brocador marcou os dois gols na vitória do Leão em cima do Mequinha

Publicado em 03/02/2019, às 17h50

Hernane assumiu a artilharia do Pernambucano com quatro gols marcados / Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Hernane assumiu a artilharia do Pernambucano com quatro gols marcados
Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
JC Online

O Sport embalou nesse início de temporada! O time rubro-negro conseguiu a sua terceira vitória consecutiva ao bater o América-PE por (2x0), neste domingo (3), na Arena de Pernambuco, pela 4ª rodada do Campeonato Pernambucano, e assumiu a liderança provisória da competição com nove pontos conquistados - o complemento da rodada acontece na quarta-feira. Os dois gols do triunfo leonino foram marcados por Hernane Brocador, que assumiu a artilharia do Estadual - com quatro gols marcados.

Agora, o Leão só volta a campo no próximo domingo, quando encara o Petrolina, às 16h, na Ilha do Retiro. E, na sequência, estreia na Copa do Brasil contra a Tombense, na quarta-feira (13).


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

O JOGO

Disposto a engatar a terceira vitória consecutiva no Pernambucano, o Sport entrou em campo tomando a iniciativa do jogo e logo conseguiu dominar o América. A superioridade era refletida na posse de bola, com os rubro-negros obtendo mais de 70%. O time do Mequinha, por sua vez, se fechada com os dez homens de linha no seu campo defensivo e impedia que o Leão incomodasse o goleiro Dida.

Com o adversário totalmente recuado, a alternativa que o Sport encontrou para furar a zaga do América foi jogar com mais amplitude - colocando os atacantes de lado e os laterais bem abertos para abrir espaço pelo meio. Aos 16 minutos, Guilherme dominou pela esquerda, aproveitou que Lazaroni disparou pelo corredor e levou a marcação para chutar forte de fora da área, mas Dida conseguiu encaixar com segurança.

A equipe mandante até que tentou engatar alguns contra-ataques. Todos sem sucesso. Contudo, lá atrás, o Mequinha seguia disciplinado defensivamente. No único vacilo, acabou sofrendo o gol. Aos 43, Guilherme cobrou falta lateral... O zagueiro Alemão cortou mal de cabeça e acabou dando um passe para Hernane. O goleiro Dida saiu errado do gol e ficou vendido na jogada. O camisa 9 só teve o trabalho de dominar e chutar para a meta vazia: 1x0.



Na volta para a segunda etapa, o América procurou adiantar a marcação para dificultar a vida do Sport, mas se deu mal. Logo aos oito minutos, o time rubro-negro conseguiu uma falta frontal na entrada da área. Guilherme foi para a cobrança, o goleiro Dida rebateu para o meio e Hernane novamente livre de marcação, só empurrou para a rede: 2x0.

A medida que o Mequinha se arriscava no ataque, mais espaço concedia no sistema defensivo. Aos 24, Alisson Farias disparou em contra-ataque pela esquerda e cruzou rasteiro na primeira trave para Ezequiel, que não pegou bem na bola. Mesmo assim, ela foi na direção Hernane, que deu um carrinho, mas não conseguiu chegar para marcar o terceiro. O placar se manteve inalterado e o Sport venceu mais uma no Estadual.

Ficha do jogo

AMÉRICA-PE

Dida; Popila, Walter Guimarães, Alemão e Marcus Bala; Victor, Jefferson, Lucas Silva (Índio) e Matheus Rosas (Cleberson Índio); Matheus Sacramento e David (Peteka). Técnico: Roberto de Jesus.

SPORT

Magrão; Raul Prata (Jadsom), Adryelson, Cleberson e Guilherme Lazaroni; Ronaldo, Charles e Leandrinho (Alisson Farias); Ezequiel, Guilherme (Elton) e Hernane. Técnico: Milton Cruz.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata.
Árbitro: Péricles Bassols.
Assistentes: Dhiego Cavalcanti e Ricardo Nunes.
Gols: Hernane Brocador, aos 43 do 1º Tempo, e aos oito do 2º Tempo.
Cartões amarelos: Walter Guimarães, Popila, Matheus Rosas, Alemão (AME).





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM