Jornal do Commercio
DE SAÍDA

Zagueiro entra na Justiça contra o Sport, consegue rescisão contratual e cobra R$ 4 milhões

Ronaldo Alves vinha treinando em separado no CT do Leão enquanto não resolvia pendências com o clube

Publicado em 04/02/2019, às 18h27

Ronaldo Alves teve sua rescisão com o Sport publicada no BID / Foto: JC Imagem
Ronaldo Alves teve sua rescisão com o Sport publicada no BID
Foto: JC Imagem
JC Online

Com a proposta de transferência para o futebol turco frustrada e sem perspectiva de receber os atrasados do Sport, o zagueiro Ronaldo Alves acionou o clube da Praça da Bandeira na Justiça do Trabalho. O defensor, que está no Leão desde 2016, cobra de salários vencidos, férias, luvas, 13º salário, não recolhimento do FGTS, a quantia de R$ 4.105.680,00.

O advogado de Ronaldo Alves, André Oliveira de Meira Ribeiro, conseguiu uma liminar na 2ª Vara do Trabalho da 6ª Região, em que a Juíza Andréa Cláudia de Souza concedeu ao zagueiro a rescisão indireta do contrato com o Sport (tinha vínculo até dezembro de 2020), permitindo o defensor a acertar com outro clube. Inclusive, a quebra contratual já saiu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, nesta segunda-feira (4).



A reportagem do Jornal do Commercio procurou o vice-jurídico do Sport, Marcos Cabral, que se pronunciou afirmando que “O Sport Club do Recife ainda não foi notificado . Assim que o clube tomar conhecimento, através da notificação judicial, tomará as medidas cabíveis que o caso requer”.

COBRANÇA

Ronaldo Alves cobra do Sport o não pagamento dos salários dos meses de agosto, setembro, outubro e novembro de 2018; 13º salário do ano de 2018; férias do ano de 2018, com o acréscimo de 1/3; 13º salário do ano de 2017; cinco parcelas de R$ 60 mil do aditivo ao “contrato de imagem”, referentes aos meses de agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2018; três parcelas de R$ 100 mil a título de luvas (pela renovação contratual em 2018); além do não recolhimento do FGTS de julho e agosto de 2016; e junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2018.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM