Jornal do Commercio
Notícia
PÉS NO CHÃO

Charles deixa empolgação para a torcida do Sport e prega cautela diante do Náutico

Volante rubro-negro exalta o time do Náutico e diz que o Leão não vai jogar com a vantagem debaixo do braço

Publicado em 17/04/2019, às 16h26

Charles quer o Sport concentrado para vencer novamente o Náutico / Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Charles quer o Sport concentrado para vencer novamente o Náutico
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

A torcida rubro-negra tem vários motivos para ficar eufórica quanto à proximidade da conquista do título Pernambucano por parte do Sport. Além da confortável vantagem garantida ao vencer o primeiro embate, nos Aflitos, por 1x0, e jogar pelo empate na Ilha do Retiro, o time leonino ainda tem a favor o fato de o Náutico ainda não ter vencido nenhum clássico nessa temporada.

Em 2019, os alvirrubros encararam o Sport duas vezes pelo Estadual e perdeu as duas. Já contra o Santa Cruz foram três encontros, com três empates entre as duas equipe: um pela Copa do Nordeste, um pelo Pernambucano e um pela Copa do Brasil - o Timbu foi eliminado na disputa dos pênaltis.



O retrospecto favorável pode até animar os torcedores do Leão, mas não os atletas do elenco rubro-negro. "Temos uma vantagem, mas é mínima. Sabemos que temos que entrar no jogo pensando que está 0x0 e conquistar mais uma vitória. O Náutico vai ter que sair um pouco mais por estar atrás do placar e a gente tem que fazer o que estamos fazendo em todos os jogos. De ter essa pressão na marcação e a saída para o ataque em velocidade. A gente não vai mudar muito as características. Vai depender de como o Náutico deve vir, mas a gente vai se preparar para qualquer forma que o Náutico vier contra a gente”, frisou Charles.

RESPEITO AO TIMBU

O volante do Sport ainda fez questão de destacar o poderio do time alvirrubro. "O Náutico tem jogadores de qualidade. A gente estudou na semana passada a equipe deles e conseguimos neutralizar alguns pontos fortes, principalmente os contra-ataques. Eles têm jogadores rápidos, leves. Então, a gente tentou controlar isso, fazendo uma marcação mais forte para eles não terem a posse de bola e a gente ter o controle da partida. É ver o que o Guto vai passar o que ele que pra domingo e não sermos surpreendidos”.

 

 



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM