Jornal do Commercio
Notícia
Iniciativa

Sport promove torcedor e cachorro espancados a sócios do clube

Kleberson Luiz e Colher de Pau foram vítimas de agressões logo após o Leão conquistar o Estadual no domingo (21)

Publicado em 25/04/2019, às 14h26

Kleberson e Colher de Pau foram emboscados por grupo de torcedores do Náutico quando voltavam para casa / Brenda Alcântara/JC Imagem
Kleberson e Colher de Pau foram emboscados por grupo de torcedores do Náutico quando voltavam para casa
Brenda Alcântara/JC Imagem
Luana Ponsoni

Depois da triste experiência pela qual passou no último domingo (21), o torcedor do Sport Kleberson Luiz da Silva, de 29 anos, ganhou um motivo para se alegrar. Ele e o cachorro Colher de Pau foram promovidos à categoria de sócio-torcedor do Leão. Ambos  se recuperam em casa, no bairro dos Coelhos, região Central do Recife, do espancamento sofrido por parte de de torcedores do Náutico, logo após a partida na qual os rubro-negros ergueram o 42º troféu da história do clube.

Com o "presente" concedido pelo Sport, Kleberson e o cãozinho terão livre acesso às partidas na Ilha do Retiro até o final de abril de 2020. "A gente já o conhecia, ele é uma figurinha carimbada no clube. Depois do que aconteceu no último domingo, procuramos saber um pouco mais a respeito de Kleberson. Vimos que ele faz um sacrifício grande para estar nas partidas, inclusive financeiro. Gasta até o que não tem. Então, decidimos ajudá-lo com isso", comentou o vice-presidente de marketing do Sport, Diogo Noronha.



PARCEIRO

Assim como aconteceu na final do Campeonato Pernambucano deste ano, Colher de Pau costuma ir com Kleberson para algumas partidas na Ilha do Retiro. Como todas as vezes em que o cachorro esteve no campo o Leão ganhou, o cãozinho acabou se tornando uma espécie de amuleto do time.

Após o espancamento sofrido por Kleberson e Colher de Pau, a assessoria do Sport informou que o clube também se prontificou a arcar com as despesas para o tratamento do torcedor e do animal. 


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM