Jornal do Commercio
Notícia
SÉRIE B

América-MG e Sport se enfrentam em busca da primeira vitória na Série B

As duas equipes se encontram na parte de baixa da tabela de classificação da Segundona

Publicado em 19/05/2019, às 07h44

Time do Sport empatou nas três primeiras rodadas da Série B / Foto: JC Imagem
Time do Sport empatou nas três primeiras rodadas da Série B
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Apontados como dois dos favoritos ao acesso à Série A, América-MG e Sport não iniciaram bem a Segundona e ainda não venceram na competição. Os mineiros vêm de duas derrotas e um empate, enquanto que os rubro-negros empataram os três jogos que disputaram, com ambos os times ocupando a parte de baixo da tabela. Diante dos tropeços, o embate entre as duas equipes, neste domingo (19), às 16h, na Arena Independência, pela 4ª rodada da Série B, se tornou o duelo da reabilitação.

Mesmo diante do mau momento do Coelho, que já trocou de treinador nesse início de competição, Guto Ferreira não enxerga o Leão com favoritismo na partida. “Não vou me colocar numa postura de superioridade sobre o América-MG. Eles ainda não ganharam, mas é início de campeonato. Possuem um time competente, trocaram de técnico... Antes tinham um ‘papão de acessos’ que era o Givanildo (Oliveira) e agora têm um rapaz jovem, mas muito competente que é o Maurício Barbieri. A gente espera que, por jogarem em casa, não fiquem fechados atrás. Esperamos um jogo mais franco, o que vai permitir que os dois times vençam. Respeitamos o América-MG e temos de buscar soluções para enfrentá-los e conseguir fazer os gols e não levar”, pontuou o comandante leonino.

A boa notícia para os rubro-negros é o retorno do capitão Sander, que desfalcou o Leão nas três primeiras rodadas da Série B por conta de um edema ósseo no joelho esquerdo. Com isso, Guto desfaz a improvisação na lateral esquerda e Raul Prata fica como opção no banco de reservas. Já o restante do time é o mesmo que empatou com o Figueirense, com João Igor sendo mantido na cabeça de área, já que Ronaldo segue de fora e só deve ficar à disposição para o embate contra o Londrina, na próxima sexta-feira, na Ilha do Retiro.

Sobre a meta de pontos a ser conquistada antes da parada da Copa América, Guto desconversou e foi ameno. “A gente trabalha no jogo a jogo. Se fosse pra falar de uma maneira ideal, para subir, a gente tinha de ter somado sete pontos nessas três primeiras partidas. Não vieram os sete (só três), então, temos que recuperar”, explicou.

AMÉRICA-MG

Um início desesperador. Nas três primeiras rodadas da Série B, o América-MG não venceu nenhuma partida (duas derrotas e um empate) e ainda não marcou nenhum gol na competição. Desempenho coloca a equipe mineira na zona do rebaixamento. Por isso, o confronto com o Sport - que também ainda não triunfou na Segundona - ganhou ares de dramaticidade. Quem vencer, o horizonte se abre. Ao derrotado, a pressão tende a aumentar.



“O Sport é um clube grande, com um time qualificado e com jogadores de muita qualidade. Sabemos que eles não venceram ainda na Série B e que vão querer nos surpreender. Mas estaremos jogando dentro de casa e, portanto, temos que impor o nosso ritmo. Precisamos estar bem bem concentrados para conquistar os três pontos”, avaliou o lateral João Paulo.

Esse jogo vai marcar a estreia de Maurício Barbieri diante do torcedor do América-MG. O treinador, de 37 anos, foi demitido do Goiás após perder o Estadual e assumiu o comando do Coelho com a demissão de Givanildo Oliveira.

Ficha do jogo

AMÉRICA-MG

Jori; Leandro Silva, Paulão, Pedrão e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Marcelo Toscano; Felipe Azevedo, Neto Berola e Jonatas Belusso.
Técnico: Maurício Barbieri.
Esquema: 4-3-3.

SPORT

Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; João Igor, Charles e Sammir; Ezequiel, Guilherme e Hernane Brocador.
Técnico: Guto Ferreira.
Esquema: 4-3-3.

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).
Horário: 16h.
Árbitra: Edina Alves Batista (SP).
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Neuza Ines Back (ambos de SP).





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM