Jornal do Commercio
Notícia
GARÇOM

Mesmo sem ter marcado gol na Série B, Ezequiel segue sendo o 'garçom' do Sport

Atacante não marcou gol na Segundona, mas deu as duas assistências para os gols de Hernane

Publicado em 19/05/2019, às 10h32

Na temporada, Ezequiel já deu sete assistências e marcou quatro gols / Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Na temporada, Ezequiel já deu sete assistências e marcou quatro gols
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

A vocação de Ezequiel em servir os companheiros não ficou apenas no Pernambucano (quando deu cinco assistências que resultaram em gols). Nesse início de Série B, o atacante segue deixando os colegas na cara do gol. Nas três primeiras rodadas, já foram dois passes para Hernane Brocador marcar os dois únicos gols do Sport na Segundona - diante de Oeste e Bragantino.

Além das sete assistências na temporada, Ezequiel também tem participação ativa com gols: quatro, todos no Estadual. Na Série B, o camisa 17 está com a pontaria descalibrada e, nos três primeiros jogos, disparou cinco chutes a gol, mas apenas um foi na meta adversária.

Quem também pode contribuir bastante para o aumento de finalizações do ataque rubro-negro é o meia Sammir, que vem apresentando grande capacidade no toque de bola. “Sammir é jogador mais inteligente do nosso elenco. Tem experiência fora do País, disputou uma Copa do Mundo... Nem eu e nem ninguém pode colocar alguma crítica ao futebol dele. É verdade que ele jogou pouco, o próprio Guto (Ferreira) falou sobre a minutagem dele em campo, mas a tendência é Sammir ter um pouco mais de tempo e só quem tem a ganhar é o Sport”, comentou Guilherme, atleta que mais finalizou pelo Sport na Segundona (11 chutes, sendo quatro certo e sete errados).



À DISPOSIÇÃO

Outro atleta com vocação ofensiva e que fica à disposição de Guto Ferreira para o confronto diante do América-MG é Hyuri. O atacante não disputou os três primeiros jogos da Série B porque cumpria suspensão devido a expulsão sofrida em 2018, quando ainda atuava na Ponte Preta.

Hyuri fica como opção no banco de reservas, mas com grandes chances de entrar no decorrer da partida e estrear pelo Sport, já que Guto admira o seu estilo de jogo.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM