Jornal do Commercio
Notícia
segundona

''Precisava ganhar o jogo para dar confiança'', diz atacante do Sport

Leão finalmente venceu na Série B do Campeonato Brasileiro

Publicado em 20/05/2019, às 20h01

Atacante agora quer manter desempenho diante do Londrina. / Foto: Anderson Stevens/Sport
Atacante agora quer manter desempenho diante do Londrina.
Foto: Anderson Stevens/Sport
Karoline Albuquerque
Do Blog do Torcedor

A delegação do Sport desembarcou no Recife nesta segunda-feira (20) após conquistar a primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B na véspera. Depois de bater o América-MG fora de casa por 2x1, os rubro-negros esperam manter os resultados positivos para a sequência da competição. Agora, com confiança, na opinião do atacante Hyuri.

"Nosso time é muito qualificado para não ter ganhado esses jogos que empatou. Nesse último jogo, a ideia era ganhar, independente se jogasse bem ou mal. Precisava ganhar o jogo para dar confiança para a gente e nos próximos jogos conseguir desempenhar nosso melhor futebol e tirar esse peso de ter vindo de três jogos sem vitória", disse o jogador.



Para Hyuri, porém, é um pouco exagerado afirmar que a vitória tirou um "peso" das costas do elenco. Mas, de todo modo, se a falta de vitórias seguisse por mais tempo, começaria a pesar. Agora, o rubro-negro quer o time com mais calma diante do Londrina. O embate acontece na sexta-feira (24), às 21h30, na Ilha do Retiro.

"Conseguimos quebrar essa sequência negativa de jogos sem vitórias. Acho que agora o time consegue ficar mais leve e desempenhar mais o melhor papel que a gente pode desempenhar. E no próximo jogo mais tranquilos, com os pés no chão, sabendo que a gente pode conquistar a vitória", concluiu o atacante.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM