Jornal do Commercio
Notícia
SUPLENTES

Técnico do Sport conta com reservas de luxo

Leandrinho e Hyuri sempre que entram estão fazendo a diferença no time rubro-negro

Publicado em 25/05/2019, às 09h53

Hyuri e Leandrinho estão mantendo o ritmo forte quando entram em campo / Foto: JC Imagem
Hyuri e Leandrinho estão mantendo o ritmo forte quando entram em campo
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Um banco de luxo. Nas duas últimas partidas, os jogadores que saíram do banco de reservas acabaram contribuindo diretamente nos gols que asseguraram as duas vitórias seguidas do Sport na Série B - ante América-MG e Londrina. Na última sexta (23), mais uma vez Leandrinho e Hyuri foram fundamentais ofensivamente e deixaram o time rubro-negro mais incisivo.

Contra o América-MG, Leandrinho deu passe para Hyuri marcar o terceiro gol rubro-negro. Já diante do Londrina, o meio-campista teve boa movimentação, distribuiu o jogo, mas foi o atacante que fez o papel de garçom e deixou Hernane na cara do gol para garantir o triunfo leonino.



"É importante ter esses jogadores no grupo. Quando não se tem, o time acaba caindo de produção. Eles dão intensidade e mantêm o giro alto da equipe. Eles estão entrando bem e, quando tiver motivo de contusão ou de cartão, utilizá-los de frente com a certeza de manter o desempenho em bom nível", comentou Guto Ferreira.

DESFALQUE

Contra o Operário-PR, na próxima terça-feira (28), o técnico rubro-negro será obrigado a fazer uma modificação. Isso porque o zagueiro Adryelson foi convocado para defender a seleção olímpica brasileira no Torneio de Toulon, na França, e vai desfalcar o Leão nas próximas três rodadas. Com isso, Cleberson deve formar a dupla de zaga ao lado de Rafael Thyere.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM