Jornal do Commercio
Notícia
ALTERAÇÕES

Guto Ferreira explica 'queda de padrão' do Sport

Treinador rubro-negro justificou o pouco tempo de recuperação e as três trocas no time titular

Publicado em 12/06/2019, às 00h06

Guto Ferreira valorizou os três pontos conquistados pelo Sport / Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Guto Ferreira valorizou os três pontos conquistados pelo Sport
Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

O importante foi somar mais três pontos. Esse foi o pensamento do técnico Guto Ferreira após a vitória do Sport diante do CRB, por um placar mínimo, e terminando a partida sendo pressionado. O comandante rubro-negro justificou a queda de rendimento do Leão ao curto período para recuperação, além das três mudanças que o time teve para o duelo com os alagoanos.

“O nosso padrão caiu. É inegável que caiu. Tivemos poucos jogos com uma proximidade tão grande esse ano. Mas vamos ter após a Copa América e temos de nos adaptar a essa situação. Além do mais, tivemos a ausência de Thyere. Cleberson ainda está se firmando. Yago não começava jogando há cinco meses. Ronaldo voltando a ser titular depois de um mês. João Igor não entrou porque vem se desgastando muito, sempre saindo com câimbras. E, no aquecimento, ele sentiu. Vomitou e foi medicado. Mas não entrou 100%. Esse jogo foi de entrega. Mesmo com várias alteração, vencemos”, analisou Guto Ferreira.



O Sport se reapresenta no dia 21, à tarde, no CT José de Andrade Médicis. “Vamos aproveitar essa tempo de repouso e, quando voltarmos, seguir o trabalho firme pra encarar o que temos pela frente”. 


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM