Jornal do Commercio
Notícia
SPORT

Magrão completa terceiro dia sem dar notícias ao Sport

Goleiro tem cerca de R$ 700 mil em débitos salariais a receber do clube

Publicado em 23/06/2019, às 14h51

"Nós estamos no aguardo. O Magrão tem muita credibilidade", destaca o presidente Milton Bivar
Foto: JC Imagem
Diego Borges
Twitter: @DiBorges9

Segue a espera por Magrão no Sport. Após não comparecer ao treino da última sexta-feira, data marcada para a reapresentação do elenco rubro-negro após recesso concedido aos atletas, o goleiro aumentou os rumores sobre a antecipação de sua aposentadoria, publicada em primeira mão pelo JC.

Neste domingo, em mais um trabalho comandado por Guto Ferreira no Centro de Treinamentos José de Andrade Médicis, mais uma vez Magrão não esteve presente, como informou o presidente Milton Bivar, ao JC. "Não se apresentou não. Estive no CT e ele não apareceu."

>> Veja o especial sobre Magrão

O mandatário leonino garantiu que o clube mantém a espera pela reapresentação de Magrão ou um contato que justifique a sua ausência durante esses dias, e aponta confiança que tem no jogador que é apontado por grande parte da torcida rubro-negra como o maior ídolo da história do clube.

"Nós estamos no aguardo. O Magrão tem muita credibilidade. Não me preocupa não. O que estiver passando, a gente vai saber em breve", projeta Milton Bivar, antes de negar a possibilidade do Sport acionar o goleiro na Justiça de alguma forma. "Está descartado", garante.



DÉBITOS

As dívidas salariais do Sport não são novidades para que acompanha as notícias do clube. Só débitos os acumulados durante a gestão anterior, com o ex-presidente Arnaldo Barros, o montante que o clube deve a Magrão é estimado em cerca de R$ 700 mil, referentes a cinco meses de atraso.

Porém, nesta temporada, já na gestão Milton Bivar, os problemas de atraso também acabam atingindo o elenco atual e os profissionais do administrativo do clube.

"Os funcionários que trabalham diretamente com o futebol e os jogadores estão com o mês de abril pago. Jogadores e comissão técnica já estão com o mês de maio praticamente quitado. Falta muito pouco (de maio), menos de 20% do elenco", detalhou o diretor de futebol rubro-negro, Nelo Campos, antes de apontar para uma solução breve para os funcionários do setor administrativo do clube.

"Os funcionários gerais, acredito que na próxima terça-feira (25) será quitado o mês de abril e já começamos a pagar cerca de 100 funcionários no mês de maio", completa o dirigente. "Acredita em milagre? É o que está contecendo, um milagre", ressaltou Wanderson Lacerda.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM