Jornal do Commercio
Notícia
Rubro-negro

Com oito atletas, concorrência no ataque do Sport aumenta para Série B

Com a chegada de Yan, elogiado pelo técnico, a intenção é de manter o alto nível de rendimento

Publicado em 11/07/2019, às 08h18

Yan participou dos amistosos contra o CSA e do jogo diante do São Bento-SP / Foto: Alexandre Fondim/ JC Imagem
Yan participou dos amistosos contra o CSA e do jogo diante do São Bento-SP
Foto: Alexandre Fondim/ JC Imagem
Klisman Gama
Twitter: @KlismanGama

O atacante Yan chegou ao Sport e reforça a concorrência por uma posição no setor de ataque do Sport. Ao todo, oito atletas disputam a posição e lutam por uma vaga na equipe titular. Trio que atua desde o início do ano, Hernane, Ezequiel e Guilherme foram os jogadores mais utilizados. Porém, por outro lado, o setor é o que mais tem alterações no decorrer dos jogos. Desde que Guto Ferreira assumiu, em todo jogo ele faz pelo menos uma alteração, dando uma boa rotatividade entre os jogadores.

Com Yan, essa concorrência cresce e ele vem tendo o seu espaço. Já atuou nos dois amistosos contra o CSA na intertemporada, marcando um gol no primeiro jogo, e estreou oficialmente contra o São Bento-SP. E mesmo com a disputa acirrada, o recebimento e adaptação do jogador na equipe tem sido bastante proveitosa, como o mesmo falou. Inclusive, na disputa particular por posição com Ezequiel, Yan ressalta a proximidade com o seu “concorrente”.



“O elenco me recebeu muito bem, achei que ia ser um pouco mais complicado para me adaptar. Eu já conhecia o Adryelson e isso me ajudou muito. Quanto ao Ezequiel, ele é um dos caras que eu mais converso, não temos problema nenhum com isso. Sabemos que jogamos em posição parecida, podemos até jogar juntos, mas não tem problema nenhum. Não tem rivalidade. O que temos é o objetivo que é colocar o Sport de volta na Série A.”, comentou. 

Inclusive, enfrentou Ezequiel em outras oportunidades, ainda pelas categorias de base. Segundo o atacante vindo do Palmeiras, ao menos lá ele saiu vitorioso. “Já conhecia o Ezequiel de antes. Joguei contra ele, no Botafogo, pelo Vitória. Jogamos uma final e eu ganhei dele (risos), mas não tem rivalidade nenhuma”, concluiu.

TOTAL DE JOGOS REALIZADOS PELOS ATACANTES DO SPORT

Hernane: 22 jogos, 14 gols.

Guilherme: 22 jogos, nove gols.

Ezequiel: 23 jogos, quatro gols.

Luan: Oito jogos, três gols.

Elton: 13 jogos, dois gols.

Juninho: Sete jogos, um gol.

Hyuri: Quatro jogos, um gol.

Yan: Um jogo, nenhum gol (em jogos oficiais).





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM