Jornal do Commercio
Notícia
Rubro-negro

Rescisão contratual de Magrão com o Sport é publicada pela CBF

Relação de mais de 14 anos entre o goleiro e o clube encerrou de maneira litigiosa

Publicado em 23/07/2019, às 15h44

No acordo entre goleiro e Sport, ficou determinado o pagamento de $ 1.875 milhão em 44 parcelas / Foto: Reprodução
No acordo entre goleiro e Sport, ficou determinado o pagamento de $ 1.875 milhão em 44 parcelas
Foto: Reprodução
JC Online

Após a rescisão ter sido confirmada no começo do mês de julho, finalmente saiu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF o distrato entre o Sport e o goleiro Magrão. O acordo foi selado no dia nove de julho. De lá para cá, o ídolo leonino se pronunciou em entrevista à TV Globo, dando sua versão do imbróglio. Deixou clara a sua insatisfação com a maneira que o presidente do Sport, Milton Bivar, conduziu sua situação. Alegou ter sentido que não servia mais para o Rubro-negro e, depois da pausa para a Copa América, decidiu que não retornaria mais.  Por outro lado, o mandatário explicou o sua versão dos fatos. Bivar disse que não guarda rancor do goleiro e pôs um ponto final na história.

O CASO

Depois de mais de 14 anos defendendo o Sport, o goleiro Magrão não se reapresentou após o recesso do clube na pausa do Campeonato Brasileiro da Série B para a Copa América. Ele entrou com uma ação para cobrar atrasos salariais e também a rescisão de contrato. O processo veio a tona no dia 25 de junho.



Inicialmente em segredo de justiça, a juíza Maria Carla Dourado de Brito Jurema quebrou o sigilo do processo. O goleiro cobrava do Sport o valor de R$ 5.016.853,16, referentes ao não recolhimento do FGTS, salários atrasados (na CLT), direitos de imagem, férias, 13º e premiações relacionadas aos anos de 2010 a 2019.

No acordo, o Sport ficou de pagar R$ 1,875 milhão ao arqueiro em 44 parcelas, de R$ 42.613, além de rescindir o contrato de Magrão com o clube. Caso o Rubro-negro atrase o pagamento por cinco dias, há uma multa de 100% do valor. O pagamento deve começar a ser feito em agosto, com vencimento nos dias 20.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM