Jornal do Commercio
Leão

Para dirigente, Sport atingiu objetivo na Copa São Paulo de Futebol Júnior

Reformulada, equipe foi eliminada na segunda fase da competição de base

Publicado em 13/01/2020, às 18h02

Garotos do Sport foram até a segunda fase da Copinha / Twitter/Reprodução
Garotos do Sport foram até a segunda fase da Copinha
Twitter/Reprodução
JC Online

O diretor de futebol Nelo Campos não se mostrou descontente com a campanha do Sport na Copa São Paulo de Futebol Júnior. No último domingo (12), a equipe rubro-negra acabou eliminada da competição de base mais tradicional do País ao perder para o Cruzeiro, por 1x0, na segunda fase da competição. Em entrevista ao radialista Ralph de Carvalho, na Rádio Jornal, o dirigente explicou que o grande objetivo do clube era dar rodagem à equipe.

"Terminamos o ano campeão pernambucano sub-20 em novembro e tivemos que remontar, já que tínhamos jogadores que estouraram idade. Nós estávamos jogando com cinco ou seis (atletas) de 17 anos. Um, inclusive, de 16 anos. Enfrentando o time do Cruzeiro, um time altamente rodado, com competições internacionais na bagagem e com nove jogadores já com 20 anos este ano. Então, neste momento, é uma diferença muito grande de idade", observou.



EXPERIÊNCIA

Nelo Campos ressaltou ainda que é em torneios como a Copinha que os jovens talentos do clube começam a adquirir a experiência necessária para despontar. "Nós temos nosso goleiro com uma excelente campanha, Rafael, que já é uma realidade. Um jogador de seleção brasileira, que está monitorado já para a sub-20. Tem 17 anos. Então, eu acho que, dentro do que foi traçado e planejado, tivemos um bom jogo, não tivemos tantas oportunidades, mas representamos bem a camisa do Sport. Saímos de cabeça erguida. Vamos nos preparar mais ainda para no ano que vem a gente possa fazer um trabalho mais bonito e mais digno à camisa do Sport", finalizou.

 




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM