Jornal do Commercio
Notícia
Bronca

Sport não regulariza jogadores e enfrenta Náutico com oito da base

O Sport está proibido pela CNRD de registrar jogadores na CBF por conta de débito com o meia chileno Mark González

Publicado em 17/01/2020, às 18h46

Grande parte do time titular do Sport deve ser oriundo da base / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Grande parte do time titular do Sport deve ser oriundo da base
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O Sport irá enfrenta o Náutico, neste domingo, nos Aflitos, em partida válida pelo Estadual, com apenas 18 dos 36 jogadores do elenco mais seis jogadores promovidos do time sub-20 que jogou a Copinha. O Leão não conseguiu reverter a pena da Câmara Nacional de Resolução e Disputa (CNRD) e continua impossibilitado de regularizar os atletas junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O clube tinha até às 18h desta sexta-feira para registrar no Boletim Informativo Diário (BID) os nomes dos membros do grupo leonino que estavam com as situações pendentes para a estreia em 2020.

O técnico Guto Ferreira escapou de ficar de fora da estreia do Sport na temporada. A CBF abriu uma exceção para o Leão e liberou a regularização do treinador. O que não mudou as situações dos jogadores.

A provável escalação do Sport para o Clássico dos Clássicos é Mailson; Ewerthon, Adryelson, Chico e Sander; Willian Farias, Alê Santos (Ronaldo) e Pardal; Pedro Maranhão, Juninho e Elton. Os seis jogadores que disputaram a Copa São Paulo de Futebol Júnior e devem ser relacionados para enfrentar o Náutico são o zagueiro Pedrão, o lateral-direito Rafael, o meia Júlio, e os atacantes Douglas, Adson e Danrlei.

MARK GONZÁLEZ

Agora, o foco da direção do Sport fica para o segundo jogo de 2020 marcado para quarta-feira contra o Central também pelo Pernambucano. De acordo com informações apuradas pela reportagem do Jornal do Commercio e Blog do Torcedor, o Leão precisa pagar cerca de R$ 300 mil ao meia chileno Mark González e assumir o compromisso das demais parcelas de um novo acordo para se livrar da pena. Esse valor é referente às parcelas não pagas do acordo feito, anteriormente, em um parcelamento de dez vezes do valor total de R$ 645 mil. No entanto, o grande entrave é que o clube precisa conseguir essa quantia.

CONFIRA A LISTA

PODEM JOGAR

1-goleiro Mailson (remanescente)
2-goleiro Luan Polli (remanescente)
3-goleiro Adriano (base/sub-17)
4-lateral-direito Ewerthon (base)
5-lateral-esquerdo Sander (remanescente)
6-lateral-esquerdo Vicente (base)
7-zagueiro Adryelson (remanescente)
8-zagueiro Chico (base)
9-zagueiro Cleberson (remanescente)
10-volante Willian Farias (remanescente)
11-volante Ronaldo (remanescente)
12-volante Matheusinho (base)
13-volante Rithely (já tinha contrato)
14-volante Alê Santos (base)
15-meia Pablo Pardal (base)
16-atacante Elton (remanescente)
17-atacante Juninho (remanescente)
18-atacante Pedro Maranhão (base)

*MAIS SEIS JOGADORES PROMOVIDOS DO TIME DA COPINHA
1-zagueiro Pedrão
2-lateral-direito Rafael
3-meia Júlio
4-atacante Douglas
5-atacante Adson
6-atacante Danrlei

NÃO PODEM JOGAR

1-goleiro Carlos Eduardo (contratação)
2-lateral-direito Raul Prata (renovação)
3-lateral-esquerdo Luciano Juba (renovação)
4-zagueiro Rafael Thyere (renovação)
5-zagueiro Elenilson (renovação)
6-volante Betinho (contratação)
7-volante Jean Patrick (contratação)
8-volante Marcão (renovação)
9-meia João Igor (contratação)
10-meia Lucas Mugni (contratação)
11-meia Diego Noronha (contratação)
12-atacante Leandro Barcia (contratação)
13-atacante Marquinhos (contratação)
14-atacante Ewandro (contratação)
15-atacante Yan (renovação)
16-atacante Maxwell (contratação)
17-atacante Luan (renovação)
18-atacante Hernane Brocador (renovação)




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM