Jornal do Commercio
ESTUPRO FILMADO

"Quando acordei, tinham 33 caras em cima de mim", diz vítima de estupro

A polícia já identificou dois dos acusados e pedirá a prisão preventiva de ambos

Publicado em 26/05/2016, às 14h55

Imagens da menina desacordada foram divulgadas no Twitter / Foto: Reprodução de Internet
Imagens da menina desacordada foram divulgadas no Twitter
Foto: Reprodução de Internet
JC Online
Atualizada no dia 27/05/2016 às 9h45

A adolescente de 16 anos que foi vítima de um estupro coletivo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, esteve no setor de ginecologia do Hospital Maternidade Maria Amélia para fazer exames nesta quinta-feira (26), segundo o jornal O Globo. A jovem foi estuprada por cerca de 30 homens e um vídeo do crime foi divulgado na conta do Twitter de um dos acusados nessa quarta-feira (25).

A vítima passou a madrugada no Instituto Médico Legal (IML) e foi ouvida na delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), que investiga o caso. De acordo com o Ministério Público, que também acompanha o caso, mais de 800 denúncias já foram encaminhadas ao órgão.

A polícia já identificou quatro dos acusados e pedirá a prisão preventiva deles. Ao sair do hospital, a adolescente afirmou, em entrevista ao jornal, que tinha ido dormir na casa do namorado, na sexta-feira (20), e só acordou no domingo (22).



"Quando acordei, tinham 33 caras em cima de mim", disse a menina. Segundo o pai da menina, ela teria ido a um baile e lá sido estuprada pelo grupo. "Bagunçaram minha filha. Quase mataram ela. Estava gemendo de dor", afirma.

O vídeo com as imagens do estupro coletivo foi divulgado na internet e logo depois apagado. O perfil Doctor Stranger (@michelbrasil7) foi suspenso do Twitter após a repercussão do caso, que figurou entre os Trending Topics Brasil.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM