Jornal do Commercio
CRÍTICA

Músico João Bosco repudia nome de operação que faz alusão a sua música

Operação da PF e CGU batizou operação com trecho de música de João Bosco

Publicado em 07/12/2017, às 23h46

Bosco diz, em sua postagem, que o hino faz referência à liberdade e à luta do processo democrático no País / Foto: Divulgação/Flora Pimentel/Facebook
Bosco diz, em sua postagem, que o hino faz referência à liberdade e à luta do processo democrático no País
Foto: Divulgação/Flora Pimentel/Facebook
JC Online
Com informações do Estadão Conteúdo

O músico mineiro João Bosco publicou uma nota de repúdio em sua página no Facebook, nesta quinta-feira (7), em que critica a Operação "Esperança Equilibrista", nome que faz alusão a um trecho de sua música "O Bêbado e a Equilibrista". A canção foi composta por ele e Aldir Blanc e é considerada um "hino de honra a todos que lutaram contra a ditadura brasileira".

O reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Jaime Arturo Ramirez, a vice-reitora, Sandra Regina Goulart Almeida, e o presidente da Fundação de Desenvolvimento e Pesquisa (Fundep), Alfredo Gontijo de Oliveira, foram conduzidos coercitivamente durante a Operação Esperança Equilibrista, deflagrada na última quarta-feira (6) pela Polícia Federal (PF) e a Controladoria Geral da União (CGU). A ação visa investigar supostos desvios públicos federais de R$ 4 milhões na construção do Memorial da Anistia Política do Brasil.

Bosco diz, em sua postagem, que o hino faz referência à liberdade e à luta do processo democrático no País. "Não autorizo, politicamente, o uso dessa canção por quem trai seu desejo fundamental", destacou.

Veja postagem do músico:

Operação Esperança Equilibrista

A Operação Esperança Equilibrista mira desvios de recursos públicos, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), para implantação do "Memorial da Anistia Política do Brasil".



Em nota, a CGU informou que foram apurados, até o momento, desvios de mais de R$ 3,8 milhões de recursos vinculados ao projeto do memorial. Além disso, na execução e na prestação de contas da iniciativa, foram verificadas irregularidades, como: falsificação de documentos, pagamento de estágio a pessoas sem vínculo estudantil, desvio de valores para outras contas estranhas ao projeto, além de gastos não relacionados ao objeto da obra.

O projeto inicial do museu passou de R$ 5 milhões para quase R$ 30 milhões, sendo que o valor gasto até o momento é de quase R$ 20 milhões. A obra envolve construção, reforma de edifícios e produção de conteúdo da exposição, com vistas à preservação e difusão da memória política dos períodos de repressão.

Mais de 100 policiais federais e auditores da CGU e do TCU cumprem 11 mandados de busca e apreensão e nove mandados de condução coercitiva. Há indícios dos crimes de peculato, falsidade ideológica e associação criminosa.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM