Jornal do Commercio
Visita

Malala comemora 21º aniversário no Pão de Açúcar

No Twitter, Malala interagiu com personalidades brasileiras esta semana, como o jogador Pelé, a cantora Ivete Sangalo e o escritor Paulo Coelho

Publicado em 12/07/2018, às 17h50

Malala no Rio de Janeiro / Reprodução Instagram/Direitos Reservados/Agência Brasil
Malala no Rio de Janeiro
Reprodução Instagram/Direitos Reservados/Agência Brasil
ABr

Em visita ao Brasil esta semana, a ativista paquistanesa Malala Yousafzai, vencedora do Prêmio Nobel da Paz em 2014 por sua luta na defesa da educação das meninas, comemorou o seu 21º aniversário no Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro.

Pela conta do Instagram da Fundação Malala, a jovem postou uma foto de bailarinas que participam do projeto social Na Ponta dos Pés. “Malala passou seu 21º aniversário no Pão de Açúcar no Rio, onde uma jovem equipe de dançarinas exibiu suas habilidades de balé - e compartilhou como a dança as ajuda a permanecer na escola e superar a violência nas favelas mais perigosas do Brasil”.

Por questões de segurança, a agenda de Malala não é divulgada para a imprensa. Quando tinha 15 anos, ela sofreu um atentado feito por grupos talibãs e se mudou para a Inglaterra.

Personalidades

Pelo Twitter, Malala interagiu com personalidades brasileiras esta semana, como o jogador Pelé, a cantora Ivete Sangalo e o escritor Paulo Coelho, por meio da hashtag #AskMalala/#PergunteAMalala.



Pelé perguntou como o esporte pode ajudar as meninas a terem a chance que merecem e Malala respondeu que conheceu jogadoras de futebol de areia maravilhosas no Rio de Janeiro, que disseram a ela ter no futebol uma forma de lidar com as dificuldades da vida e uma fonte de confiança. Malala afirmou ser necessário dar suporte a atletas mulheres para que as meninas tenham modelos para se inspirar.

Ivete perguntou sobre a experiência da ativista em Salvador, e Malala disse que amou a cidade. “Nós passamos ótimos momentos andando pelas ruas, conhecendo pessoas, aprendendo sobre suas histórias e ouvindo músicas incríveis”, postou a ativista no twitter.

Paulo Coelho elogiou o trabalho dela como exemplo para crianças, adolescentes e também adultos. Malala, por sua vez, disse que as palavras do escritor a inspiram há muitos anos e que frequentemente, quando perguntam qual o livro favorito dela, responde que é O Alquimista. Ela se disse também honrada de estar “em seu lindo país”.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM