Jornal do Commercio
Bens apreendidos

Receita Federal pega 246 iPhones com passageiro que chegava dos EUA

Passageiro, que foi encaminhado à Polícia Federal, acabou sendo autuado por tentar burlar as leis brasileiras ao entrar no país com 246 iPhones não declarados

Publicado em 02/08/2018, às 22h47

O homem levava os iPhones em três malas / Foto: Receita
O homem levava os iPhones em três malas
Foto: Receita
Estadão Conteúdo

A Equipe de Fiscalização de Bagagem Acompanhada da Alfândega da Receita no Aeroporto de Guarulhos surpreendeu um passageiro que desembarcava de uma viagem aos EUA com um carregamento de 246 iPhones.

Tentou esconder nas malas

O homem levava os iPhones em três malas, informou a Seção de Comunicação Institucional da Receita em São Paulo.



Ele apresentou-se no canal de não declarantes e foi selecionado pela fiscalização aduaneira. Dentro das malas, a fiscalização da Receita encontrou os aparelhos, todos novos.

Os celulares foram apreendidos pela "tentativa de introduzir no País bens sem o pagamento de imposto devido".

O passageiro foi encaminhado à Polícia Federal.



Comentários

Por Henrique,25/08/2018

Nessa historia quem se deu bem foi o pessoal da receita, tem gente que vai lucrar um iphone novinho nas custas de um idiota ganancioso e arrogante que achou que era fácil ludibriar a receita federal kkkkkk

Por Helder Caires,03/08/2018

É claro que eles viram os celulares pelo RX, amigo. O problema é que um frasco de perfume pode ser um disfarce para um líquido explosivo, já o celular eles sabem o que são e ficam contentes por estarem VENDENDO tecnologia para os consumidores do Terceiro Mundo.

Por Claudio,03/08/2018

Certamente a segurança nos EUA detectou o conteúdo das malas. A questão legal/ilegal, vai tributar ou não é com o destino. Mas não custa mandar um e-mail de alerta para as autoridades do destino.

Por renata,03/08/2018

Besteira! Tem gente que transporta algo pior e ninguém pega

Por Grego,03/08/2018

Agora fico me perguntando como foi que ele conseguiu embarcar nos EUA, o país mais seguro do mundo, com 246 telefones na mala. Lá não tem raio-X nos aeroportos? Se fosse uma bomba ja teria morrido todo mundo. Agora quando a pessoa tenta embarcar com um frasco com mais de 100ml na bagagem de mão eles proíbem logo. Vai entender essa segurança dos aeroportos.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM